Um casal em uma viagem de volta ao mundo!

O que fazer em Kiev (Kyiv) – Ucrânia – Roteiro de 2 dias

Procurando o que fazer em Kiev? Pois neste post você encontra dicas super práticas que poderão lhe ajudar a planejar sua viagem, incluindo indicações de onde se hospedar, como se locomover e uma sugestão de roteiro que pode ser feito em 2 ou 3 dias, a depender de quanto tempo você tenha.

Nós estivemos em Kiev em setembro, quando ainda não fazia aquele friozão de congelar os ossos, mas o verão também já tinha levado o calor embora (adoro!). Mas sem mais delongas, vem ver quanta coisa bacana a cidade tem a oferecer.

o que fazer em kiev
O que fazer em Kiev

Onde se hospedar em Kiev

Nós nos hospedamos no Summit Apart Hotel e a localização era perfeita, bem no centro da cidade. Por isso conseguimos visitar várias atrações de Kiev caminhando. Entretanto, também tem uma estação do metrô ali pertinho, caso você precise.

Além disso, agora o Booking.com também tem apartamentos para alugar, ou seja, é a facilidade do Airbnb com a praticidade e a segurança do Booking. Por isso clique aqui para ver a lista de apartamentos que nós separamos para você em Kiev.

o que fazer em kiev
Nosso quarto no Summit Apart Hotel

Aliás, você sabia que ao fazer suas reservas aqui pelo blog você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a mantê-lo no ar recheado de dicas?

Pois é! Reservando seu hotel aqui pelo blog nós ganhamos uma pequena comissão que nos ajuda a continuar trazendo dicas fresquinhas pra você! Por isso que tal clicar no link abaixo e ajudar a gente? ⤵️

O que fazer em Kiev

A Ucrânia sempre fez parte da minha lista de desejos. Mas confesso que o país só entrou em nosso roteiro pelo leste europeu quando conhecemos uma ucraniana e ela nos disse que a Ucrânia tinha todas as facilidades da Europa, só que com preços da Índia. E ela não mentiu!

A comida é boa, a cerveja é gelada (e barata) e o transporte público te leva para todo canto. Além disso, nós nos surpreendemos demais com Kiev, a capital da Ucrânia. Passamos 3 dias visitando todas as atrações com bastante calma. Mas se você tiver apenas 2 dias, saiba que é possível ver muita coisa também.

Obs.: embora este seja um post escrito em português, eu mantenho os nomes das atrações em inglês, pois é assim que você encontra os locais com mais facilidade em APPs como o Google Maps e o Maps.me. Beleza? 🙂

o que fazer em kiev
St Michael’s Golden-Domed Monastery

Pechersk Lavra – Cave Monastery

Já vou começar este post dizendo que se for preciso escolher uma única atração para visitar em Kiev, não precisa nem pestanejar, escolha o Pechersk Lavra Monastery, ou o Monastério nas Cavernas, como também é chamado, um complexo monástico sagrado e famoso mundialmente pelos monges ali enterrados, nas cavernas.

A fundação do Pechersk Lavra remonta ao século XI, quando o monge Anthony e seu discípulo Theodosius se estabeleceram por ali e fundaram o monastério que, desde então tem sido o berço do cristianismo ortodoxo.

Além disso, assim como a Saint Sophia’s Cathedral, que comentarei melhor mais abaixo, em 1990 o Pechersk Lavra Monastery foi incluído na lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO.

o que fazer em kiev
Pechersk Lavra Cave Monastery

Além de toda a área externa do monastério, que por si só é interessantíssima, você também pode visitar as cavernas, onde ficam as múmias. Só que fotos lá dentro não são permitidas.

Entretanto, para visitar as cavernas um dress code se faz necessário. Homens não podem estar de bermudas e mulheres não podem estar com roupas curtas, decotadas e nem de calças – precisam usar uma saia longa ou amarrar um lenço para cobrir as pernas. Além disso, é necessário cobrir a cabeça também. Mas não se desespere, já que eles emprestam lenços para as turistas desprevenidas.

o que fazer em kiev
Pechersk Lavra Cave Monastery
Vista da Great Lavra Bell Tower
o que fazer em kiev
Vista da Great Lavra Bell Tower
Great Lavra Bell Tower

Quanto custa: depende de quantas atrações você vai querer visitar. Só para entrar no local e subir na torre, o valor do ingresso é de UAH 50,00 (USD 2). Você pode comprar este ingresso “básico” e ir pagando pelos demais lá dentro, conforme seu interesse. Reserve pelo menos uma duas horas para ver tudo com calma.

Great Lavra Bell Tower

O ingresso mais barato para visitar o complexo do Pechersk Lavra Monastery (que foi o que nós compramos, aliás) também inclui a subida para o topo da Great Lavra Bell Tower, de onde você poderá ter uma bela vista de todo o complexo e de parte da cidade. E foi de lá de cima de onde tiramos as mais belas fotos das igrejas.

o que fazer em kiev
Great Lavra Bell Tower

Mykola Syadristy – Micro Miniatures Museum

Sem maiores delongas, pois este post já está deveras longo, o Museu de Micro Miniaturas é incrível! E ele também fica dentro do complexo do Monastério que acabo de comentar mais acima.

Além disso, só para você ter uma ideia, tudo ali foi feito à mão pelo artista Mykola Syadristy. Mas a peça mais incrível que nós vimos foi um botão de rosa artificial colocado dentro de um fio de cabelo. Além disso, em outra obra, ele colocou uma caravana de camelos no buraco de uma agulha, e tudo isso só pode ser visto com o auxílio de uma lupa.

Todas as peças expostas são super impressionantes. Pois mesmo com a tecnologia atual e usando máquinas, a precisão alcançada por Mykola, o melhor artista em micro miniaturas do mundo, é quase impossível.

Museum of Microminiature by Mykola Syadristy
Museum of Microminiature by Mykola Syadristy

Quanto custa: o museu fica dentro do complexo do Pechersk Monastery. Mas é preciso pagar um ingresso à parte no valor de UAH 60,00 (USD 2.50). Vale super a pena, na minha opinião.

Encontre seu hotel COM DESCONTO em Kiev clicando aqui.

Saint Andrew’s Church

Você já deve ter percebido mas, uma vez em Kiev, se prepare para visitar um monte de igrejas, uma mais bonita que a outra. A primeira que nós visitamos foi a Igreja de Santo André, que fica no topo de uma colina.

Foi a imperatriz russa Elizabeth que ordenou a construção desta igreja em Kiev. Isso porque ela queria ter uma casa de veraneio na cidade e, obviamente, precisava de um templo no local (gente rica são outros quinhentos, né meu bem…rs). A igreja foi construída em 1754 no local onde, reza a lenda, Santo André, o Apóstolo, teria feito uma cruz durante suas viagens ao país. Se é verdade não sabemos, mas que a igreja é linda, isso é!

o que fazer em kiev
Saint Andrew’s Church
o que fazer em kiev
Saint Andrew’s Church
Saint Andrew’s Church

Além disso, depois de visitar a igreja você poderá passar pelo Artists Alley, uma passarela onde vários artistas expõem e vendem quadros e obras de arte.

Quanto custa: o ingresso para visitar a parte externa da igreja (porque seu interior está sendo restaurado) custa UAH 20,00, que equivale a USD 0.80.

Andriyivskyy Descent

A Andriyivskyy Descent (nome difícil, não?) é uma ladeira que conecta a Cidade Alta de Kiev com o Bairro Comercial, nós passamos por lá a caminho da igreja mencionada acima e vimos até a Embaixada do Brasil no caminho. Contudo, a rua é tão famosa que também é chamada de “Montmartre de Kiev”, uma comparação carinhosa ao bairro boêmio da cidade de Paris, na França.

Além disso, por ali você encontra uma infinidade de barraquinhas vendendo os itens mais curiosos possíveis: desde identidades falsas de artistas e líderes políticos (vimos IDs do Obama, da Angela Merkel e até do Putin com batom e rímel…rs); também vimos antiguidades raras, como máscaras de gás lacrimogênio utilizadas na época da União Soviética, partes de uniformes militares, entre outros cacarecos.

Itens vendidos na Andriyivskyy Descent

View Point

E logo ali, também do ladinho da igreja e da ladeira mencionadas acima, tem esse View Point de onde você poderá ter uma bela vista panorâmica da cidade de Kiev.

Olha só que coisa mais linda – não eu, a cidade lá atrás….hahahaha 😅

View Point
View Point

St Michael’s Golden-Domed Monastery

Depois seguimos caminhando até o Mosteiro de São Miguel (e sua cúpula dourada), uma das construções mais lindas de Kiev, na minha opinião. Dá uma espiada nas fotos e me diz se não é de babar?

A catedral original foi demolida pelo governo soviético na década de 1930, mas foi reconstruída e inaugurada em 1999 após a independência da Ucrânia em 1991. E hoje é um dos mais importantes templos ortodoxos do país.

o que fazer em kiev
St Michael’s Golden-Domed Monastery
o que fazer em kiev
St Michael’s Golden-Domed Monastery
St Michael’s Golden-Domed Monastery

Saint Sophia’s Cathedral

Patrimônio da UNESCO desde 1990, a Saint Sophia’s Cathedral foi construída para rivalizar com a Hagia Sofia de Istambul. Mas gente, os ucranianos que perdoem, mas a de Istambul é bem mais bonita! rs.

Entretanto, o interior da igreja é de fato belíssimo, incluindo um belo conjunto de mosaicos e afrescos originais do século 11.

Além disso, existem alguns museus que fazem parte do complexo, mas eu sinceramente não achei que valia a pena visitá-los. Por isso pagamos apenas para acessar a área da igreja.

o que fazer em kiev
Saint Sophia’s Cathedral
Saint Sophia’s Cathedral

Quanto custa: o ingresso para acessar apenas a área da igreja custa UAH 20,00 (USD 0.80). Veja mais informações clicando aqui.

Independence Square

A Praça da Independência, ou Maidan Nezalezhnosti, como também é chamada, é a principal praça de Kiev, logo, é o ponto de encontro de turistas e também dos moradores da cidade.

Também pudera, já que por ali você encontra de tudo: desde restaurantes como a rede Puzata Khata (que nós amamos e falamos melhor sobre no fim desse post), até lojas do Mc Donalds e barraquinhas vendendo sanduíches, cafés e sorvetes. Nós passamos pelo menos uma hora passeando por ali, já que fazia sol e o dia estava lindo. Olha:

o que fazer em kiev
Independence Square
Independence Square

Monument of Independence

E do outro lado da praça fica o Monumento da Independência, ou a Coluna da Independência, que abriga em seu topo uma estátua do Arcanjo Mikhail, o padroeiro de Kiev.

Com 61 metros de altura, o monumento foi erguido em 2001 para celebrar a independência da Ucrânia.

o que fazer em kiev
Monument of Independence
Monument of Independence
Monumento aos fundadores de Kiev

Khreschatyk Street 

E essa foto horrorosa (sorry) é só para mostrar que a rua Khreschatyk (entre a praça e o monumento citado acima) se transforma em uma enorme Walking Street (rua para pedestres) nos fins de semana.

Por isso, se você estiver visitando Kiev em um sábado ou domingo, aproveite para passear por ali também.

Khreschatyk Street 

House with Chimeras

E ali pertinho da Praça da Independência fica a Casa com as Quimeras, também conhecida como Casa Gorodetsky. Originalmente um prédio de apartamentos requintados que foi construído no período de 1901-1902 pelo arquitecto Vladislav Gorodetsky, considerado o Gaudí de Kiev.

Oh gente, o moço que me perdoe (os ucranianos também) mas achei a comparação com Gaudí um tanto “forçada” demais 😬 O que você acha?

o que fazer em kiev
House with Chimeras
House with Chimeras
House with Chimeras

Golden Gate

Dali seguimos caminhando para o Golden Gate, um dos símbolos de Kiev, e que foi conhecido como o portão principal da antiga cidade durante séculos. Ele figura a lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO juntamente com o Complexo da Igreja de Santa Sophia.

Não se sabe exatamente em que ponto da história ele foi construído, mas o portão fazia parte de uma muralha que tinha 3,5 quilômetros de extensão e que protegeu a cidade de Kiev durante muitos anos.

Golden Gate

Além disso, foi Yaroslav, o Sábio (esse da foto abaixo) que ordenou que no alto do Golden Gate fosse construída a Igreja da Anunciação, essa que também aparece na foto com sua cúpula dourada.

Historiadores divergem sobre o motivo que resultou no nome “Golden Gate”, mas muitos concordam que o nome pode ter sido derivado da cúpula dourada da igreja, que sempre pôde ser vista de diversos pontos da cidade. Hoje, um museu aberto à visitação, o Golden Gate é um must do em Kiev.

Quanto custa: o ingresso para o museu custa UAH 50,00, que equivale a USD 2.

National Opera House

Depois do Golden Gate seguimos caminhando e passamos bem em frente ao prédio da National Opera House. E já te digo que se você estiver buscando um lugar no mundo para assistir a uma ópera gastando pouco, então saiba que Kiev é o lugar perfeito!

Por aqui você encontra óperas e peças acontecendo diariamente, com ingressos que custam USD 25 para a primeira fila (super barato) e também bilhetes por até USD 3 nas fileiras mais altas e mais distantes do palco. Uma oportunidade única no mundo. Veja mais informações sobre preços e horários clicando aqui.

National Opera House
Foto: https://www.opera.com.ua

St Volodymyr’s Cathedral

A St. Volodymyr’s Cathedral, que fica no centro de Kiev, é considerada a catedral mãe da Igreja Ortodoxa Ucraniana. Construída em estilo bizantino, ela é tão linda do lado de fora quanto do lado de dentro.

Te falei que uma vez em Kiev você iria se deparar com igrejas belíssimas, né? Então! Olha que coisa mais linda:

o que fazer em kiev
St Volodymyr’s Cathedral
St Volodymyr’s Cathedral
Interior da igreja

Taras Shevchenko Park

Agora uma pausa aqui para uma confissão: o Lázaro adora um parque, gente! É ele que coloca todos os parques nos nossos roteiros. Não que eu não goste, mas é que eu sou de uma cidadezinha do interior de Minas. Por isso eu cresci no mato, na roça e nos parques. Então, todas as indicações de parques e jardins que você encontra em nossos posts são “culpa” dele.

Mas de fato, o Taras Shevchenko Park vale uma passadinha, especialmente no fim do dia. E caso você tenha visitado a St Volodymyr’s Cathedral, saiba que ele fica ali pertinho.

Taras Shevchenko Park
Taras Shevchenko Park

Mariinsky Palace & Park

Mais um parque na lista, tá vendo só? Mas esse também tem um palácio para você admirar, o Mariinsky Palace, ou Mariyinsky Palace.

Também foi a imperatriz russa Elizabeth que ordenou a construção deste palácio. Mas ela não chegou a ter a chance de morar no local pois acabou falecendo durante sua construção, que ocorreu entre os anos de 1750 e 1755. Por isso, a primeira moradora do local foi Catarina II. Além disso o projeto do Palácio foi feito pelo arquiteto italiano mais popular que trabalhava na Rússia na época, Bartolomeo Rastrelli.

Danificado durante um incêndio em 1870 e também durante a Segunda Guerra Mundial, o prédio passou por significantes restaurações na década de 1980. Hoje, o palácio é um local cerimonial para o presidente da Ucrânia. Eventos solenes de importância nacional, recepções e reuniões de delegações estrangeiras são realizados por ali.

Mariinsky Palace
o que fazer em kiev
Mariinsky Palace
Mariinsky Park

Arsenalna Metro Station

A Arsenalna Metro Station é a estação de metrô mais profunda do mundo! E de fato: são dois lances infinitos de escada rolante para chegar até a superfície.

Foram 2 minutos e 28 segundos para subir o primeiro lance de escadas rolantes e mais 1 minuto e 35 segundos para subir o segundo lance. E o mais bacana é que é justamente nesta estação que você precisa descer para ver as atrações a seguir.

Arsenalna Metro Station

Holodomor Victims Memorial & Museum

Uma atração “pesada” mas super importante para se visitar em Kiev, o Memorial e o Museu de Holodomor, em homenagem às milhares de pessoas que morreram vítimas da fome na Ucrânia. Aliás, Holodomor é uma palavra ucraniana que significa, na tradução literal, “matando de fome”.

Só durante o mês de junho de 1933, 24 ucranianos morreram de fome por minuto. Foram mais de 1 milhão de pessoas que morreram de fome na Ucrânia só neste mês específico, uma tristeza sem fim…

O museu conta um pouco desta história através de filmes, depoimentos de sobreviventes e fotos. Veja mais informações clicando aqui.

o que fazer em kiev
Holodomor Victims Memorial & Museum
Holodomor Victims Memorial & Museum
Interior do Museu

Quanto custa: a entrada para o Museu custa UAH 30,00 (USD 1.25).

The Motherland Monument & Museum of the Great Patriotic War

Falando em museu, um dos maiores museus da Ucrânia, o Museum of the Great Patriotic War fala da História do país na Segunda Guerra Mundial. Nós gostamos tanto que passamos mais de duas horas por lá.

Museum of the Great Patriotic War

Além disso, é na área do museu onde você poderá ver a impressionante Estátua do Monumento à Pátria, uma escultura que simboliza os esforços realizados pelos ucranianos durante a guerra. Contando da base são 102 metros de altura – para você ter uma ideia, o Cristo Redentor tem 38 metros. Por isso a estátua pode ser vista a partir de diversos pontos da cidade, inclusive de algumas linhas do metrô, quando o vagão passa pela superfície.

E a grande curiosidade deste monumento é que na década de 1950 chegaram a cogitar que duas estátuas fossem ali construídas, uma de Lenin e outra de Stalin. Se o projeto tivesse sido aprovado, cada estátua teria 200 metros de altura. Já pensou!?

The Motherland Monument

Memorial for Gypsies executed in Babi Yar

Babi Yar é uma ravina, uma “vala” em outras palavras, ao norte da cidade de Kiev. Foi em Babi Yar que milhares de judeus foram mortos entre 1941 e 1943. Mas o lugar também serviu como local de execução para prisioneiros de guerra, doentes mentais e para a execução de muitos ciganos.

Essa carroça na área central do parque, que hoje cobre o local onde tantas atrocidades foram cometidas, é uma homenagem aos ciganos executados pelos nazistas.

o que fazer em kiev
Memorial for Gypsies executed in Babi Yar

Como chegar: fomos até lá de metrô. Descemos na estação Dorohozhychi, linha verde.

Babi Yar – Massacre Memorial

E ali do ladinho, no mesmo parque, fica este outro memorial às vítimas do holocausto. E aqui, meu amigo, nós tivemos a infelicidade de perceber quão assustador (e inacreditavelmente IMBECIL) um ser humano pode ser…

O monumento continha placas decorativas com os nomes das vítimas do holocausto, mas foi tão vandalizado entre os anos de 2015 e 2016 (com pichações da suástica e depredações) que hoje ele está assim, meio abandonado. Muito triste de se ver.

o que fazer em kiev
Babi Yar – Massacre Memorial

Como chegar: fomos até lá de metrô. Descemos na estação Dorohozhychi, linha verde.

Tatyana Markus Memorial 

Tatyana Markus, a heroína da Ucrânia, uma menina que morreu depois de ter sido torturada pela Gestapo aos 22 anos. Um mulherão da porra!

Ela adotou o pseudônimo de Tatyana ou Tatiana Markusidze, para entrar na Gestapo e seguir com suas ações de sabotagem, dizem que até veneno para pessoas importantes da organização ela deu. Mas seu ato heróico foi ter se mantido em silêncio, sem entregar ninguém, mesmo com as torturas vividas durante os 5 meses em que ficou presa, depois de ter sido descoberta.

Um estátua em sua homenagem também foi erguida no parque porque, segundo relatos, seu corpo também teria sido jogado na vala comum de Babi Yar.

o que fazer em kiev

Como chegar: fomos até lá de metrô. Descemos na estação Dorohozhychi, linha verde.

Não viaje sem SEGURO! Faça já sua cotação clicando aqui!

National Museum of Chernobyl

Depois do parque nós voltamos para o metrô e seguimos até a estação Palats Sportu, onde fizemos baldeação até a estação Kontraktova Ploshcha, para visitar o National Museum of Chernobyl. Uma ótima oportunidade para quem não quiser gastar mais de USD 150 para fazer o tour até Chernobyl (nós não fizemos).

Além disso, o museu é uma ótima pedida para quem quiser entender de maneira bem interativa o acidente nuclear ocorrido em 1986. São várias fotos, vídeos e um áudio guia (em inglês e espanhol) com muitas informações detalhadas sobre como tudo aconteceu, a demora em avisar a população, o plano de contingência e, infelizmente, as diversas pessoas que morreram em decorrência da tragédia.

o que fazer em kiev
National Museum of Chernobyl

Contudo, embora o museu seja relativamente pequeno, por conta de termos alugado o audio guide, nós passamos 2 horas por lá. Além disso, na saída do museu você pode passear ali pela região, uma área super bacana com uma roda gigante e uma unidade do nosso restaurante favorito em Kiev, o Puzata Khata.

o que fazer em kiev
Área nos arredores do Museu

O museu funciona das 10h às 18h, e é fechado aos domingos e na última segunda-feira de cada mês.

Como chegar: fomos até lá de metrô. Descemos na estação Kontraktova Ploshcha, linha azul.

Arte no Metrô

Kiev tem a estação de metrô mais profunda do mundo, mas não é só isso: a cidade também tem algumas estações de metrô que são verdadeiras obras de arte, com coloridos painéis pintados no teto.

Essas fotos são do teto da estação Osokorky. Olha que coisa mais linda:

Estação Osokorky
Estação Osokorky
Estação Osokorky

Onde comer em Kiev

Kiev tem uma rede de restaurantes chamada Puzata Khata, uma espécie de self-service onde você vai passando com a bandeja e pegando as porções que, via de regra, já ficam montadas e dispostas no balcão.

Nós comemos por lá todos os dias. Primeiro porque nesse esquema você já vê a comida pronta e segundo porque os restaurantes são super bonitos, alguns vendem chopp geladinho e terceiro, e mais importantes, porque é barato. Nós gastávamos em média UAH 150,00 (USD 6) por pessoa incluindo a cerveja.

Entretanto, o nome da rede Puzata Khata aparece nos displays como na foto abaixo. Mas no Maps.me você com esse nome mesmo, é só digitar: Puzata Khata que você encontra todos, aí é só escolher o mais pertinho de você.

o que fazer em kiev
Puzata Khata

O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO em uma viagem pela Europa!

Além de ser obrigatório e ser exigido na imigração, o Seguro Viagem ainda te garante uma trip sem preocupações, já que ele te dá cobertura até se a sua mala for extraviada. Uma super mão na roda!

E não é caro, gente! Tem seguro por valores irrisórios, menos de R$ 80,00 para uma viagem de 10 dias. Clique AQUI para obter sua cotação com DESCONTO. Ou clique no link abaixo ⤵️

Por isso nossa sugestão é fazer uma boa busca através da Segurospromo, um site que compara preços e te apresenta uma série de opções. Tem opções super econômicas, por menos de R$ 80,00 para 10 dias. Além disso, ao utilizar nosso código CASALWANDERLUST5 você ainda ganha 5% de desconto na hora! Faça já sua cotação clicando aqui ou no link abaixo:

Como se locomover 

O bilhete de metrô em Kiev custa UAH 8,00 (USD 0.30). E é relativamente fácil de usar pois todas as estações tem mapas das linhas e os nomes em inglês. Graças a Deus, né minha gente?

Chegando em Kiev

Nós chegamos em Kiev em uma viagem de ônibus partindo de Chisinau, na Moldávia. Pagamos MDL 353,00 pelo bilhete (USD 20), já incluindo a bagagem despachada. Sim, por lá eles também cobram pela bagagem nas viagens de ônibus, mas é baratinho, apenas MDL 34 (USD 2) por unidade.

Os ônibus partem do Terminal Gare du Nord e nós compramos os bilhetes indo até lá no dia anterior. Tem ônibus partindo dali para cidades como Odessa, Moscow, São Petersburgo e vários outros destinos.

No ponto final de parada de ônibus em Kiev você encontra um Mc Donalds (com Wi-Fi) e ainda uma estação do metrô ali pertinho.

Saindo de Kiev

De Kiev nós pegamos um ônibus para Minsk, em Belarus (Bielorrússia). Pagamos UAH 715,00 pela passagem (USD 29). Compramos o bilhete com a empresa Ecolines e os ônibus saem da estação chamada Vydubychi, onde também tem uma estação de metrô. Super fácil de chegar e ainda tem um locker onde você pode deixar sua mala (ou mochila) enquanto passeia pela cidade.

➡️ Veja como foi a viagem de Kiev para Minsk clicando aqui.

É Kiev ou Kyiv, afinal?

Kyiv” é uma transliteração em latim do nome da cidade no idioma ucraniano, que não é a única língua falada no país, mas é a única língua oficial. Isso porque a Ucrânia adotou padrões para traduzir seus nomes topônimos do cirílico para o latim usando a transcrição ucraniana e espera que a comunidade internacional também a use.

Por isso se um ucraniano te ver usando o nome “Kiev”, pode ser que ele fique chateado, já que “Kiev” vem da maneira russa de pronunciar o nome da cidade – e a treta com a Rússia você já deve conhecer, né? Lembra da anexação da Crimeia em 2014? Pois é.

Entretanto, meios de comunicação internacionais respeitados ainda usam “Kiev”, argumentando que o uso de exônimos (nome pelo qual um nome próprio é conhecido em outra língua, que não aquela falada nativamente) não é novo. Por exemplo, “Deutschland” é chamada de “Germany” em inglês, de “Allemagne”, em francês, de “Alemanha”, em português. Ou seja, os países têm o direito de decidir como querem que outros lugares sejam chamados em seu idioma. Mas isso aí é uma discussão sem fim…rs.

Como saber para onde ir?

Nós usamos o APP Maps.me para nos locomover por Kiev, salvamos as atrações mencionadas acima e andamos pela cidade toda a pé ou com o metrô. O Maps.me funciona off-line e é uma baita mão na roda. Entretanto, o Google Maps pode ser bem útil também, caso você tenha internet no celular ou baixe o mapa da cidade para que ele funcione off-line.

Espero que este post possa lhe ajudar. Aproveite e leia também:

Todos os nossos posts sobre a Romênia:

Todos os nossos posts sobre a Bulgária:

Todos os nossos posts sobre a Turquia:

Deixe uma resposta