Um casal em uma viagem de volta ao mundo!

As deliciosas (e temidas) comidas de rua da Índia

Não é segredo para ninguém que nós temos estômago de avestruz. Se você acompanha o blog  há algum tempo você já deve saber. Em nossas viagens pelo mundo o que a gente mais gosta é de experimentar as comidas de rua. Aliás, gostamos muito das que provamos no Lesoto. E agora chegou a vez de provar as comidas de rua da Índia.

Mas vale salientar que este é apenas o relato das nossas experiências depois de 2 meses comendo de tudo pela Índia e sem ter nenhuma dor de barriga, até agora. Porém, sabemos que as condições de higiene das comidas de rua da Índia nem sempre são das melhores. E também sabemos que isso muitas vezes pode representar riscos à saúde. Então, leia (e salive ou não) com moderação 🙃

Comidas de rua da Índia

Nós passamos dois meses pela Índia comendo de tudo. Experimentamos bons restaurantes e devoramos diversos tipos de comidas de rua. Aquelas tão temidas comidas que são vendidas nas barraquinhas espalhadas pelas calçadas de todas as cidades deste enorme país asiático.

Em nenhum outro lugar do mundo nós encontramos tanta variedade de lanchinhos vendidos nas ruas. Assim como nosso Brasil tem suas coxinhas, risoles, esfirras, empadinhas, pães de queijo (nossa senhora que delícia) que são vendidos em todo canto, a Índia também tem suas samosas, patties, pakoras e etc. Veja a lista de tudo que nós provamos:

Veg Patties

O Veg Pattie é uma espécie de bolinho frito recheado com uma mistura feita de vegetais e hortaliças. Ele lembra, de longe, aqueles salgados de massa folhada que são comuns no Brasil.

Os Patties normalmente são servidos em um pratinho com catchup e molho picante. E quando eu disser “picante”, acredite: é porque sai lágrimas dos olhos.

Quanto Custa: cada Veg Pattie custa em média INR 10,00, que equivalem a USD 0,15.

O Veg Pattie

Aloo Tikki Chaat

Essa comidinha de rua é bastante comum no norte da Índia, em Bangladesh e no Paquistão. Mas nós encontramos o Aloo Tikki Chaat por todo o canto.

Em hindi “Aloo” significa batata, “Tikki” significa pequeno croquete frito e “Chaat” é o molho. Ou seja, são pequenos croquetes de batata fritos e servidos com um molho delicioso, feito com grão de bico, pimentas e especiarias. O Aloo Tikki Chaat era uma das comidas de rua da Índia preferidas do Lázaro.

Quanto Custa: cada porção de Aloo Tikki Chaat custa em média INR 60,00, que equivalem a USD 0,85. Deixo aqui o link para a receita. Com exceção dos ingredientes indianos (que podem ser complicados de achar no Brasil) não parece algo difícil de se fazer não.

A croquete de batata está debaixo desse molho todo

Pakoras

O significado da palavra Pakora no dicionário Oxford é: “um pedaço de vegetal ou carne, revestido em massa temperada e frito”. Ou seja, mais um bolinho frito. Santo fígado! 😄

Além de ser uma comida de rua da Índia, as Pakoras também são encontradas em restaurantes. Tem Pakora pura, ou seja, só uma massinha frita, tem Pakora de pão (pão frito), tem Pakora que vem com uma pimenta dentro (essa deve arder até o nariz), etc.

Quanto Custa: cada Pakora custa em média INR 15,00, que equivalem a USD 0,20. As menores são vendidas em porções. E aqui está a receitinha em português 😍

comidas de rua da Índia

Uma bacia de Pakoras. Saiu até a mão do vendedor na foto. Sorry 😬

Kachori

O Kachori “lembra” uma fogazza frita. Ops, eu ouvi fritura de novo!? Sim! Hahaha.

É um prato típico da culinária do Rajastão, mas não somente. O lanchinho também é popular no sul da Ásia, em Trinidad e Tobago, nas Guianas e até no Suriname.

Pode ser recheado de diversos sabores mas o mais comum é o de lentilha. Sendo que as variações são:

  • Dal/Mogar Kachori – recheado de lentilha
  • Pyaz Kachori – recheado de cebola
  • Mawa Kachori – doce

Quanto Custa: cada Kachori custa em média INR 15,00, que equivalem a USD 0,20. Segue o link para a receita.

Kachoris

Samosas (Chamuças)

Quem já esteve na África do Sul já as deve ter experimentado. A aparência da samosa “lembra” uma esfirra, só que frita (olha o óleo aí de novo) 😂 E na África do Sul nós comíamos Samosas recheadas de carne, que eram deliciosas.

Já aqui na Índia as opções são vegetarianas. Lembra que as vacas são sagradas por aqui? Então, nada de carne. Os recheios são feitos com uma mistura condimentada de feijão, grão bico ou de batatas temperadas com ervas aromáticas.

Saindo uma fritada de Samosas!

A Samosa é uma das mais populares comidas de rua da Índia. Mas você sabia que elas não são originárias deste país? Os primeiros relatos dessas delícias (antes mesmo do século X) surgiram no Oriente Médio e elas chegaram na Índia entre os séculos XIII e XIV através de comerciantes vindos da Ásia Central.

Bom, eu gostei mais da versão sul-africana mesmo, então nem me importo em saber que as Samosas da Índia não são as legítimas 😂

Quanto Custa: cada Samosa custa em média INR 10,00, que equivalem a USD 0,15. Segue o link para a receita. É um vídeo de um indiano com aquele sotaque fofo e super característico.

As Samosas

Chola Bhatura

Tá aí uma das comidas de rua da Índia que lembra um dos salgados mais deliciosos e característicos do nosso Brasil: o pastel.

O prato também é servido em diversos restaurantes, mas é bastante comum encontrá-lo nas barraquinhas das cidades.

A única decepção para os brasileiros que vão com muita sede ao pote, que foi exatamente o nosso caso, é que o Chola Bhatura não tem recheio. É uma espécie de pastel enorme e oco, sem nada dentro. Lá em Minas minha vó costumava chamar de pastel de vento 😅

Quanto Custa: cada porção custa em média INR 30,00, que equivalem a USD 0,40. Vem sempre acompanhado de um molhinho. Segue o link para a receita.

Chola Bhatura

Chai

O Chai, o famoso chá indiano, não é comida. Mas vir para a Índia e não experimentar um bom Chai servido na rua faz com que sua experiência não seja completa.

Pequenos copos desse delicioso chá feito de leite, canela, cravo, cardamomo e pimenta do reino são servidos em praticamente todos os cantos de todas as cidades do país.

Quanto Custa: os preços das xícaras de Chai podem variar entre INR 10,00 até INR 60,0 a depender do lugar que você escolher para provar. Segue o link para a receita em português.

Pav Bhaji

O Pav Bhaji tem sabor de infância. Me fez lembrar quando minha avó estava terminando o macarrão do domingo e eu ia lá enfiar um pedaço de pão no molho. Que delícia!

É um pãozinho aquecido na chapa com manteiga servido com um pratinho de molho picante. É um prato bastante comum em Mumbai, mas também encontrado em diversas cidades. Nós comemos em Delhi.

Quanto custa: O Pav Bhaji custa em média INR 50,00 por prato, o equivalente a USD 0,70. Este da foto veio com dois pãezinhos. O link para a receita está aqui.

Pav Bhaji

Golgappa ou Panipuri

Arrisco-me a dizer que esses bolinhos, que recebe nome distintos a depender da região, são os mais consumidos pelos indianos.

Em todos os cantos você encontra pessoas paradas ao lado de uma barraquinha com um pratinho na mão e devorando Golgappas.

O bolinho frito e oco recebe um recheio de grão de bico, ou de batata, e depois é mergulhado em uma água aromatizada com sabor agridoce de tamarindo – e tamarindo me lembra um dos episódios mais famosos do seriado Chaves…hahaha. Lázaro gostou muito, eu nem tanto.

Quanto custa: 5 bolinhos custam em média INR 20,00, que equivalem a USD 0,30.

Golgappas

Poha

Na Índia é muito comum comer Poha (pronuncia-se “porra” 😅) no café da manhã.

É um arroz feito com açafrão, curry, legumes e amendoim. Um prato super saudável, especialmente quando comparamos com as outras comidas de rua da Índia que são todas fritas. 

Quanto Custa: cada porção custa em média INR 30,00, que equivalem a USD 0,40. Segue o link para a receita.

Arroz no café da manhã!?

Essas foram todas as comidas de rua da Índia que nós experimentamos. Passamos dois meses pelo país enchendo a pança com essas delícias todas.

É seguro comer comidas de rua na Índia?

Experimentar as comida de rua da Índia pode tornar sua experiência inesquecível, tanto para o lado bom quanto para o lado ruim da força. Ou seja, você pode enriquecer suas lembranças recheando-as de sabores como tambem pode perder preciosos dias tratando uma infecção alimentar.

Nós tomamos o cuidado de não comer nos lugares que achamos sujinhos demais, mas acho que como a maioria dos itens eram fritos, a fritura acabou nos salvando da famosa Delhi Belly – a dor de barriga que pega a maioria dos viajantes que se aventuram por essas bandas.

Além das condições higiênicas você também deve ter em mente que o tempero indiano é bem forte, especialmente se compararmos com os temperos utilizados nas regiões sul e sudeste do Brasil. E saiba que se você pedir um prato apimentado na Índia é bom que você esteja preparado para chorar, literalmente. Então te aconselho a ir devagar 😉

Gostou? Aproveite e veja todos nossos posts sobre a Índia:

🌍 Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

Dicas que vão te ajudar:

Dicas do que fazer:

Como se locomover:

Ficou com vontade? Então salve para ler no Pinterest mais tarde:

4 comentários sobre “As deliciosas (e temidas) comidas de rua da Índia

  1. Grazi

    Gente li imaginando cada sabor e aroma, Ah e os temperos… Mas haja fígado é muita fritura, shessusss…

Deixe uma resposta