Um casal em uma viagem de volta ao mundo!

15 Curiosidades sobre a Índia

Minha primeira visita à Índia foi em 2011. Me apaixonei tanto pelo país que voltei com o Lázaro em 2018 durante nossa viagem de volta ao mundo. Nós passamos dois meses viajando por este exótico, caótico, apaixonante e curioso país. Com base nestas duas viagens, separei neste post algumas curiosidades sobre a Índia. Vem ver!

Curiosidades sobre a Índia

Hawa Mahal, em Jaipur

Curiosidades sobre a Índia

A Índia é um país vibrante e dono de uma cultura milenar. Cultura essa que aliás, é bastante diferente da nossa.

Algumas curiosidades sobre a Índia são mais conhecidas. Por exemplo, muita gente já sabe que as vacas são sagradas por lá. Mas você sabia que até 2018 ser gay na Índia era considerado um crime?

Veja esta e outras curiosidades sobre a Índia neste post.

1 – As vacas são sagradas na Índia

Isso você já deve ter ouvido falar. Que as vaquinhas andam livremente pelas ruas de todas as cidades indianas, sem ter o menor medo de acabar virando um bife no prato de alguém.

Os hindus consideram a vaca um símbolo sagrado da vida, e que como tal deve ser protegido e reverenciado. Elas são adoradas em toda Índia, inclusive suas fezes e urinas são utilizadas em alguns rituais. A figura bovina está associada a várias divindades, incluindo Shiva, um dos principais deuses do hinduísmo.

Nos Vedas, a mais antiga das escrituras hindus, a vaca é associada a Aditi, a mãe de todos os deuses. Ela é vista como uma figura materna, pois ela fornece o leite que sustenta a vida. Elas são muito amadas pelos indianos e elas sabem disso! Veja só a serenidade da bichinha deitada no meio da rua:

Curiosidades Índia

Olha ela aí!

2 – Falando em Leite…

A Índia é o maior produtor de leite do mundo. O país produz em torno de 146.31 milhões de toneladas de leite em uma base anual.

Tudo isso por conta dos grandes números de gado criado no país, particularmente nos estados indianos de Haryana, Andhra Pradesh, Punjab, e Rajastão.

3 – O Taj Mahal não é um palácio

Cresci pensando que o Taj Mahal era um lindo palácio onde vivera um casal super feliz. #SQN.

Na verdade o Taj Mahal é um túmulo. Mas esse fato não diminui a beleza por trás de sua história. A construção deste mausoléu remonta a uma bonita história de amor.

O Taj Mahal sob o sol do meio-dia

O imperador Shah Jahan mandou construir o Taj Mahal em homenagem à sua terceira esposa, Mumtaz Mahal, que faleceu no parto do décimo quarto filho do casal em 1631. Ele ficou tão devastado e tão triste com a morte de sua amada que ordenou que fosse construído um monumento imponente, majestoso e único em sua homenagem, para que o mundo nunca se esquecesse dela. Assim, a maior prova de amor do mundo começaria a ser erguida. Bonito né?

Mas também há boatos não tão glamurosos nessa história toda. Reza a lenda que o imperador teria mandado cegar e até mesmo cortar as mãos dos artesãos que trabalharam na construção do Taj, para que estes não repetissem o feito em nenhum outro lugar. Será verdade???

➡️ Veja mais sobre a história do Taj Mahal clicando aqui.

Curiosidades sobre a Índia

O Taj Mahal sob a luz do nascer do dia

4 – Os indianos comem com as mãos

Comer com as mãos ainda é uma forte tradição na Índia. Assim como em outros países asiáticos, africanos e do oriente médio. Os indianos acreditam que ao tocar a comida com as mãos acontece uma conexão espiritual (não somente física) com aquilo que está sendo ingerindo.

A prática de comer com as mãos se originou nos ensinamentos ayurvédicos. O povo védico acreditava que nossos corpos estão em sincronia com os elementos da natureza e que nossas mãos possuem um certo poder. E na minha opinião, comer com as mãos combina com a comida indiana. O Lázaro, por exemplo, adorava. Os pratos normalmente são servidos com o roti ou naan, os tradicionais pães indianos (que lembram um wrap ou pão sírio).

Como a comida indiana é feita a base de molhos tudo fica mais fácil. Você vai mergulhando o pão nas porções e utilizando-o como talher. No final das contas nem precisa de garfo e faca mesmo. Mas em todos os restaurantes, mesmo os mais simples, tem talheres para oferecer. Não se preocupe, você não precisa sujar os dedos se não quiser.

curiosidades sobre a Índia

Curiosidades sobre a Índia – Comida Indiana

5 – Apenas a mão direita é utilizada para comer

Se você for convidado a dividir a mesa com uma família indiana e resolver comer com as mãos em respeito à tradição, saiba que deverá utilizar apenas a mão direita para tocar a comida e levá-la à boca. Tudo isso porque a mão esquerda e considerada impura e suja.

E por que a mão esquerda é considerada suja? Veja o vídeo abaixo e entenda melhor…hahaha.

6 – Os indianos não usam papel higiênico

É exagero dizer que nenhum indiano usa papel higiênico, não gosto de generalizações. Mas é verdade que a maioria não utiliza.

Após fazer suas necessidades os indianos preferem lavar-se ao invés de usar papel higiênico. O que me parece bem mais higiênico realmente. O que me incomoda é ficar com as “partes” molhadas depois de dar aquela boa lavada. Sabe?

Em todos os banheiros na Índia você encontrará um balde com uma pequena caneca ou uma ducha higiênica para que você possa se lavar. Porém, graças aos turistas, em muitos banheiros de hotéis e restaurantes você encontrará papel higiênico também.

7 – Como são os banheiros na Índia

Esta é uma das curiosidades sobre a Índia que mais desperta o interesse das pessoas, tanto que até escrevi um post específico a respeito.

➡️ Clique aqui para ver o post sobre os banheiros na Índia.

Você já deve ter ouvido falar de como são os banheiros na Índia, não? Os famosos banheiros turcos, ou squat toilets, em inglês.

Curiosidades sobre a Índia – Banheiro no aeroporto de New Delhi

São os famosos banheiros onde você faz suas necessidades de cócoras e não sentado, como nós ocidentais estamos acostumados. Até no aeroporto tem banheiros desse tipo. Eu já estou super acostumada a eles, confesso. Mas no começo era estranho realmente.

Mas calma. Não são todos os estabelecimentos que possuem somente este tipo de banheiro. No aeroporto, por exemplo, existem as duas opções.

Porém, estudos apontam que utilizar esse tipo de banheiro, ou seja, fazer suas necessidades de cócoras, resulta em uma defecação rápida, menos chances de câncer de próstata, menor risco de doenças transmissíveis, menos hemorróidas e joelhos mais fortes. Óia que beleza!

8 – Nem todos os indianos são vegetarianos

A Índia é o país mais vegetariano do mundo. Mas ainda assim, somente cerca de 40% da população é vegetariana. Muitos indianos comem carne de frango e de peixe.

A única verdade aqui é que você não encontrará carne de vaca para comer em nenhum restaurante. No máximo encontrará carne de búfalo em alguns poucos lugares.

9 – Beijar em público não é legal

Beijar na boca em público não é uma coisa bem vista na Índia. Eu já havia lido em alguns lugares que troca de afeto em público poderia inclusive ser motivo para punição. Mas ao pesquisar melhor vi que nos termos da Seção 294 do Código Penal Indiano, está sim escrito que a “obscenidade” em público é um crime, mas não há nada explícito sobre beijos e abraços.

Mas em todo caso se alguém se queixar que você está sendo obsceno, quem poderá te defender? Então procure ser respeitoso com a cultura local e guarde o beijos mais calientes e os amassos para momentos de intimidade em seu quarto de hotel ☺️

10 – Ser gay na Índia foi crime até 2018

Dia 6 de setembro de 2018 não foi um dia qualquer para a comunidade LGBTI na Índia.

De forma unânime, a Suprema Corte indiana descriminalizou a homossexualidade. E essa decisão revogou uma sentença de 2013 que validava o artigo 377 do Código Penal indiano, conhecido como “Seção 377”, uma lei da era colonial que punia “relações carnais contra a ordem da natureza” e criminalizava com penas de 10 anos de prisão relações entre pessoas do mesmo sexo.

“Qualquer relação sexual consensual entre dois adultos que consentiram – homossexuais, heterossexuais ou lésbicas – não pode ser vista como inconstitucional”, disse o chefe do judiciário da Índia, Dipak Misra, ao ler a decisão. “O artigo 377 é arbitrário. A comunidade LGBTI possui os mesmos direitos que os demais. A visão majoritária e a moralidade geral não podem ditar os direitos constitucionais”, afirmou. ❤️

11 – Gente pra cara%$#

A população da Índia (provavelmente) ultrapassará a da China em 2028. Segundo estimativas da ONU, a Índia se tornará o país mais populoso do mundo em apenas 10 anos, quando terá cerca de 1,45 bilhão de habitantes.

É gente pra todo lado! Os indianos são muito simpáticos. Muitos pedem para tirar fotos contigo, fazendo com que você se sinta um ator de Hollywood. Recebemos sorrisos por todos os lugares por onde passamos.

O coração do indiano é como um coração de mãe: sempre tem lugar para mais um.

12 – A Índia é o segundo maior país de língua inglesa do mundo

Você sabia que a Índia fica atrás apenas dos Estados Unidos no número de pessoas que fala inglês no país? Pois é. O único problema que pode ocorrer é a dificuldade de entender o sotaque indiano, “ma brotha”.

Mas no geral conseguimos nos comunicar bem por todas as cidades por onde passamos, especialmente nas mais turísticas.

13 – Incontáveis deuses e deusas

Há um número incontável de deuses e deusas adorados na Índia. Já li fontes que falam em 33 milhões, outras que acrescentam um zero e falam em 330 milhões. Não consegui achar um número correto e nem sei se de fato seria possível contabilizar tudo isso.

Mas dentre todos, os deuses mais importantes para o hinduísmo são:

  • Brahma –  o deus criador do Universo. É o primeiro deus da trindade do hinduísmo.
  • Shiva – o deus destruidor, que destrói para criar algo novo. É o criador da Yoga. E é também conhecido como o deus “transformador”.
  • Vishnu – o deus responsável pela manutenção do Universo.

Ganesha, o meu favorito: o deus que remove os obstáculos e traz as soluções.

14 – Os indianos inventaram o shampoo

O shampoo foi inventado na Índia. Não o shampoo líquido que utilizamos hoje, mas o método de limpeza dos cabelos através do uso de ervas. A palavra “xampu” em si foi derivada da palavra sânscrita champu, que significa massagear.

15 – O primeiro presidente da Índia recebia apenas 50% de seu salário

E por último uma das curiosidades sobre a Índia que eu gostaria que fosse adotada pelos políticos no Brasil.

Você sabia que Rajendra Prasad, o primeiro presidente da Índia independente, optou por receber apenas 50% do valor de seu salário?

Ele assumiu o cargo em 26 de janeiro de 1950 e foi o único presidente indiano a ocupar o cargo por 12 anos. Advogado por formação, Prasad foi um grande defensor de Mahatma Gandhi. Conhecido por ser uma pessoa trabalhadora e humilde, ele optou por receber apenas metade do seu salário e, no final do seu mandato, reduziu-o em mais 25%.

Curiosidades sobre a Índia. Fonte: https://www.indiatoday.in

Curiosidades sobre a Índia – Extra: a suástica

Você sabia que o símbolo adotado pelo nazismo, a suástica, originalmente é um símbolo místico que significa “boa sorte”?

Não se sabe exatamente qual foi o povo que usou esse sinal pela primeira vez, mas é certo que ele tem origem muito antiga, de pelo menos 5 mil anos. A palavra em si vem do sânscrito svastika, que significa “condutora do bem-estar”.

Portanto saiba que é comum em alguns países como Nepal e Índia ver este símbolo espalhado pelos templos e/ou pintado nas paredes das casas.

Curiosidades sobre a Índia

Gostou? Aproveite e veja todos nossos posts sobre a Índia:

Dicas que vão te ajudar:

Dicas do que fazer:

Como se locomover:

🌍 Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

Salve esse post no Pinterest para ler mais tarde:

2 comentários sobre “15 Curiosidades sobre a Índia

  1. lygarves

    Demais gente! To aqui devorando todos os posts da serie da India! Vou pra la em 15 dias e ja estou super ansiosa! Os seus posts estao ajudando muito 🙂

Deixe uma resposta