O que fazer em Vilnius em 2 dias – 20 Principais Atrações

O que fazer em Vilnius – Nesta parte da nossa viagem de volta ao mundo nós passamos por Belarus e depois seguimos pela Lituânia, Letônia e pela Estônia, países que ficam na porção nordeste do continente europeu, os chamados Países Bálticos. Nós amamos! Sobretudo porque mesmo a moeda oficial sendo o Euro, os preços por ali são bem mais amigáveis do que nos demais países da Europa Ocidental.

Por isso veja neste post o que fazer em Vilnius, incluindo as 20 principais atrações da cidade, dicas de onde se hospedar e onde comer comida típica da Lituânia gastando pouco. Vem ver que legal!

O que fazer em Vilnius

Ah! Pode ser que você queira ver também:

Onde se hospedar em Vilnius

Em Vilnius nós nos hospedamos no Real House B&B, pagamos USD 35 por noite e a diária ainda incluía um delicioso café da manhã que era servido no quarto. Nós adoramos! Sobretudo porque a localização era maravilhosa, pertinho das principais atrações da cidade. Super recomendo!

o que fazer em vilnius
Olha o tamanho desse quarto!

Além disso, agora o Booking.com também tem apartamentos para alugar, ou seja, é a facilidade do Airbnb com a praticidade e a segurança do Booking. Por isso CLIQUE AQUI para ver a lista de apartamentos que nós separamos para você em Vilnius.

E reservando seu hotel aqui pelo blog nós ganhamos uma pequena comissão que nos ajuda a continuar trazendo dicas fresquinhas pra você! Por isso que tal clicar no link abaixo e ajudar a gente? ⤵️

O que fazer em Vilnius

Veja abaixo o que fazer em Vilnius e as atrações que nós visitamos neste roteiro que pode ser feito em 2 dias.

Obs.: embora este seja um post escrito em português, eu mantenho os nomes das atrações em inglês, pois é assim que você encontra os locais com mais facilidade em APPs como o Google Maps e o Maps.me. Beleza? 🙂

Town Hall

Nossa primeira parada neste dia que começou cinza e nublado (super comum em Vilnius, já te adianto…rs) foi no Town Hall.

O prédio da prefeitura de Vilnius foi mudando com o tempo, já foi teatro e até museu de arte. Entretanto, hoje a Prefeitura de Vilnius é um edifício representativo onde muitos eventos diferentes são organizados no decorrer do ano, desde concertos, noites literárias, apresentações de livros até exposições e festivais.

Além disso, é neste prédio onde fica o centro de informações turísticas de Vilnius, onde você poderá pegar pegar mapas, informações relevantes sobre a cidade e também onde poderá comprar o Vilnius Pass.

O que fazer em vilnius
Town Hall – Centro de Informações Turísticas de Vilnius

Quanto custa: a entrada é gratuita.

Vilnius Pass

Nós fizemos as contas de todos os museus que gostaríamos de visitar na cidade e, depois de colocar os valores na ponta do lápis concluímos que para nós valeria a pena comprar o Vilnius Pass. Sobretudo porque até o ônibus Hop-On-Hop-Of estava incluído. Uma maravilha!

Por isso deixo abaixo os valores do Vilnius Pass e o link para site oficial onde você também poderá consultar os valores, tanto do cartão quanto das atrações que pretende visitar na cidade. Mas já lhe adianto, se você pretende visitar os museus mais interessantes e se também pretende pegar o ônibus Hop-On-Hop-Of para se locomover, vale a pena comprar o cartão. Sobretudo porque são mais de 20 museus incluídos na lista. Lázaro se esbaldou em Vilnius graças ao Vilnius Pass.

  • Vilnius Pass – cartão para 24 horas – 19,99 € (Preço on-line – 17,99 €)
  • Vilnius Pass – cartão para 48 horas – 26,99 € (Preço on-line – 24,99 €)
  • Vilnius Pass – cartão para 72 horas – 34,99 € (Preço on-line – 32,99 €)
O que fazer em Vilnius
Vilnius Pass

Town Hall Square

Depois de passar pelo centro de informações turísticas de Vilnius nós demos uma voltinha ali pela Town Hall Square, uma pracinha meio sem graça, confesso. Especialmente nesse dia cinzento…rs.

Mas foi ótimo porque a praça foi nosso ponto de partida para visitar as principais atrações da cidade.

o que fazer em Vilnius
Town Hall Square

Quanto custa: a visitação é gratuita.

Church of St. Casimir

A poucos passos da praça está a Church of St. Casimir, essa igreja cor-de-rosa super bonitona.

A igreja de São Casimiro, uma das primeiras igrejas barrocas de Vilnius, foi construída pelos jesuítas. Mas a igreja foi tomada pela Igreja Ortodoxa Russa, transformada em catedral e dedicada a outro santo, voltou para os jesuítas na primeira metade do século XX, sofreu bastante durante a Segunda Guerra Mundial e foi fechada, reabriu como um museu sobre ateísmo em 1961 e continuou a ser usada como tal até 1988. Só em 1989 é que a Igreja foi devolvida à igreja católica. Ufa!

o que fazer em vilnius
Church of St. Casimir
o que fazer em vilnius
Outro ângulo só para você ver que coisa mais linda!

Quanto custa: a entrada é gratuita.

St. Paraskeva Church

Depois seguimos caminhando até a St. Paraskeva Church, igreja ortodoxa que ficava bem no caminho das demais atrações que visitaríamos ali pela região.

Similarmente à igreja de São Casimiro, mencionada acima, a Igreja de São Paraskeva já foi severamente danificada por diversos incêndios ao longo de sua existência, também sofreu deveras durante a Segunda Guerra, foi fechada por conta disso, reaberta como museu sobre o ateísmo durante o período em que a Lituânia fez parte da União Soviética, sendo devolvida à Igreja Ortodoxa apenas em 1990, com o fim da URSS.

o que fazer em vilnius
St. Paraskeva Church

Quanto custa: a entrada é gratuita.

St John’s Church 

Parte do prédio da Universidade de Vilnius, a St. John’s Church teve sua construção concluída em 1426, depois de 40 anos. Mas estava fechada para visitação quando por lá estivemos.

Nos tempos soviéticos, como já vimos acontecer com outras catedrais de Vilnius, a igreja foi transformada em armazém – por sorte também não virou um museu sobre o ateísmo, né verdade? Mas depois acabou servindo de morada para o Museu da Universidade e hoje a igreja executa suas principais funções mais uma vez, tendo sido visitada pelo papa João Paulo II em 1993, inclusive.

Fonte: http://www.vilnius-tourism.lt/en
St John’s Tower

Presidential Palace 

Seguimos caminhando para tirar essa foto beeem de turista em frente ao Palácio Presidencial, daquelas fotos que só a sua tia que tanto te ama colocaria em um porta-retratos na estante da sala…haha.

Excursões gratuitas ao redor do Palácio Presidencial são organizadas aos sábados. Além disso, durante essas excursões, os visitantes podem ver o interior do edifício e podem até visitar o escritório do Presidente. Aproveita e já anota aí a dica, caso você esteja pela cidade em um fim de semana.

o que fazer em vilnius
Presidential Palace

→ Encontre seu hotel em Vilnius clicando AQUI ←

Cathedral Square 

A Cathedral Square é uma das praças mais famosas de Vilnius, se não for a mais famosa. Nós pegamos um tempo feio e nublado na cidade mas em nosso último dia o sol resolveu sair e nós conseguimos ver ela assim, toda iluminada e colorida.

Além disso, a praça será um ponto de referência em suas andanças por Vilnius, pois ali pertinho estão diversas das atrações citadas neste post: a Torre, o National Museum, o Palace of the Grand Dukes of Lithuania, é dali onde começará sua pernada até o Gediminas Castle e também é por ali onde você poderá beber cerveja e provar a culinária local em um dos restaurantes mais fofos da cidade – falarei sobre ele mais abaixo, peraí.

O que fazer em Vilnius
Cathedral Square

Gediminas Monument

E é também ali na praça mencionada acima onde você poderá ver o Monumento a Gediminas, um dos governantes mais famosos da Lituânia.

Gediminas governou o Grão-Ducado da Lituânia por 25 anos. Além disso, ele mudou a capital do país de Trakai para Vilnius, o que fez dele um queridinho na cidade. Mais conhecido pela diplomacia que atraía a atenção da Europa para a Lituânia do que como chefe militar, a estátua de Gediminas foi construída no local onde um lobo de ferro teria aparecido em sonho e pedido para que ele mudasse a capital do país de Trakai para Vilnius. Verdade ou não, a estátua está lá, inclusive uma estátua do lobo.

O que fazer em Vilnius
Gediminas Monument

Cathedral of St Stanislaus and St Vladislav 

A Catedral de St. Stanislav e St. Vladislav é o local de culto mais importante para os católicos da Lituânia e o local das principais festividades cristãs e nacionais do país.

Seu interior não impressiona muito. Mas muitas figuras importantes da história da Lituânia estão enterradas no Mausoléu dos Soberanos, localizado abaixo da capela de St. Casimir.

The Cathedral Basilica of St Stanislaus and St Ladislaus

Bell Tower

É do alto dos 57 metros da Bell Tower que você poderá ter uma vista panorâmica da cidade de Vilnius. Além disso, você também poderá ver uma exposição de sinos e o antigo relógio da cidade.

Bell Tower
Bell Tower

Quanto custa: o bilhete para subir no topo da torre custa € 5. Mas a entrada é gratuita para aqueles que comprarem o Vilnius Pass.

Three Crosses Monument

A Colina das Três Cruzes é um dos pontos mais bonitos de Vilnius para assistir ao pôr do sol. Mas, pelo céu cinza da foto abaixo logo se nota que nós não demos sorte nesse dia, né verdade? rs.

Além disso, como o dia estava nublado, ao invés de gastar uma pernada para subir a colina, nós optamos por ir até o Gediminas Castle, já que ficava mais perto e a vista seria parecida.

Hill of the Three Crosses

Gediminas Tower / Gediminas Castle 

O Museu do Castelo de Vilnius exibe armamentos, material iconográfico da antiga cidade de Vilnius, dentre outras exposições. Mas definitivamente o ponto alto da visita é o deck de observação no topo da torre, de onde você poderá ter uma bela vista panorâmica da cidade. Olha só:

o que fazer em vilnius
Gediminas Tower
O que fazer em Vilnius
Vista da Torre

Quanto custa: o bilhete para subir no topo da torre custa € 5. Mas a entrada é gratuita para aqueles que comprarem o Vilnius Pass.

Palace of the Grand Dukes of Lithuania

Visitar o Palácio dos Grão-Duques da Lituânia fará com que você tenha uma ideia de como era bom ser rico e poderoso. Aliás, ainda deve ser maravilhoso ser rico e poderoso, né minha gente!? rs.

O museu é dividido em 4 rotas de visitação: na primeira você poderá ver as ruínas antigas do Palácio; na segunda rota você passará pelos salões cerimoniais, que foram reconstruídos para mostrar a evolução dos estilos arquitetônicos – do final do gótico ao início do barroco; na terceira rota você poderá ver uma coleção de armas e uma exposição sobre a vida cotidiana dos moradores do Palácio; e por fim, na quarta rota você poderá visitar o centro de exposições.

Palace of the Grand Dukes of Lithuania

Além disso, a torre do Palácio também oferece uma bela vista da cidade. Por isso reserve pelo menos 1h30m para esta visitação.

Perceba o dia nublado e cinza…rs. Sim, eu estou repetitiva com relação ao dia cinza, mas é que o sol faz toda diferença nas fotos, né verdade?

O que fazer em Vilnius
Vista da Torre do Palácio

Quanto custa: a entrada para o Palácio custa € 5. Mas é gratuita para aqueles que comprarem o Vilnius Pass.

National Museum of Lithuania 

Do Palácio nós seguimos para o Museu Nacional, o museu mais antigo da Lituânia, que remonta a 1855, quando o Museu de Antiguidades foi estabelecido em Vilnius.

Além disso, no museu você poderá ver exibições que refletem a história da Lituânia e apresentam a cultura e os costumes tradicionais do país. Nós gastamos 1h na visitação.

O que fazer em Vilnius
National Museum of Lithuania
O que fazer em Vilnius
Sarcófago Exposto no Museu

Quanto custa: a entrada para o Museu custa € 3. Mas é gratuita para aqueles que comprarem o Vilnius Pass.

KGB (Genocide) Museum

Se você não comprou o Vilnius Pass e tiver que escolher um único museu para visitar em Vilnius, escolha o Museu da KGB. Sim, a visitação é sombria e nada agradável, mas são as lembranças de acontecimentos terríveis que ajudam a impedir que eles não se repitam no futuro.

O museu está localizado no antigo Palácio da KGB, onde crimes soviéticos foram planejados e executados durante cinquenta anos! Nesta visita você poderá ver:

  • a antiga prisão da KGB;
  • o gabinete de escuta, com equipamentos de escuta e móveis da época;
  • o porão onde a pena de morte era aplicada;
  • exposição sobre a ocupação nazista e o holocausto na Lituânia;
  • exposições bem explicativas com fotos e relatos diversos.
o que fazer em vilnius
Entrada do Museu
O que fazer em Vilnius
Museu da KGB – o Gabinete de Escuta

Além disso, você sabia que entre os anos de 1950 e 1960 turistas só podiam visitar a cidade de Vilnius aqui na Lituânia? Não apenas, o mais bizarro é que a maioria dos turistas era vigiada pelo Estado.

Para você ter uma ideia, o Neringa Hotel filmou e gravou clandestinamente os turistas que lá se hospedaram entre os anos de 1975 e 1976, foram 5.000 fotografias tiradas com câmeras escondidas.

Como eu disse, um museu triste, mas interessantíssimo! Definitivamente um must see em Vilnius.

O que fazer em Vilnius
Museu da KGB – Uniformes dos Oficiais

Quanto custa: a entrada para o Museu da KGB custa € 4. Mas é gratuita para aqueles que comprarem o Vilnius Pass.

Lithuanian National Opera and Ballet Theatre 

Gente, nós estamos muito felizes nessa parte do mundo! Já vimos óperas e ballets por precinhos maravilhosos em Kiev e em Lviv (na Ucrânia) e também em Minsk (em Belarus). Mas descobrimos que em Vilnius você também pode ver óperas e ballets por até € 10.

Contudo nos únicos dois dias que passamos em Vilnius não tinha nenhuma peça em cartaz, uma pena. Mas você pode clicar aqui para consultar o site oficial do Lithuanian National Opera and Ballet Theatre para ver as datas e os valores.

O que fazer em Vilnius
Lithuanian National Opera and Ballet Theatre

St Anne’s Church

A Igreja de Santa Ana é uma obra-prima do final do período gótico. Tão bonita que reza a lenda que até Napoleão Bonaparte teria ficado fascinado por sua beleza.

A Igreja, um dos símbolos de Vilnius, resistiu firme até os dias atuais sem sofrer alterações por mais de 500 anos. Nós passamos por ela no final desse dia tão bonito, quando o sol resolveu aparecer – “fio duma égua”, apareceu só no último dia…rs.

o que fazer em vilnius
St Anne’s Church

Cathedral of the Theotokos

Passamos pela Cathedral of the Theotokos quando estávamos a caminho de Uzupis.

A catedral é a principal igreja cristã ortodoxa da Lituânia, uma das igrejas mais antigas de Vilnius, construída antes da cristianização do país, visto que o Grão-Ducado da Lituânia foi o último estado pagão de toda a Europa.

O que fazer em Vilnius
Cathedral of the Theotokos

Užupis 

Užupis já foi o bairro mais pobre de Vilnius, ganhou uma repaginada e hoje é um dos lugares mais “cool” da cidade.

Durante a era soviética, as autoridades deixaram Užupis arruinar de vez, o que fez com que rapidamente o bairro ficasse conhecido como um dos mais difíceis da cidade. Mas desde que a Lituânia recuperou sua independência em 1991, os artistas passaram a viver por ali. Além disso, agora até a academia de arte da cidade está localizada em Užupis. Por isso atualmente o bairro respira arte e recebe festivais de moda, concertos, exposições e noites de poesia.

O que fazer em Vilnius
Uzupis

Mas o mais curioso é que em 1997 os moradores de Užupis declararam sua independência. Por isso a República de Užupis tem bandeira própria, moeda, presidente, gabinete de ministros e até uma constituição, que você encontra em 39 idiomas nesta parede da foto abaixo, sendo que o lema é: “Não lute”, “Não ganhe”, “Não se renda”. E dentro os artigos seguem os mais curiosos:

  • Artigo 13 – Um gato não é obrigado a amar o seu dono, mas deve ajudá-lo em tempos difíceis.
  • Artigo 16 – Todo mundo tem direito de ser feliz.
  • Artigo 20 – Ninguém tem direito à violência.
  • Artigo 25 – Todo mundo tem o direito de ter qualquer nacionalidade.
  • Artigo 26 – Todo mundo tem o direito de celebrar ou não celebrar seu aniversário (Lázaro amou, ele odeia celebrar o aniversário dele).
  • Artigo 36 – Todo mundo tem o direito de ser único.

Não se sabe se a brincadeira um dia se tornará séria. Mas o fato é que uma passada pela “República de Užupis” tem que fazer parte de seu roteiro por Vilnius, definitivamente.

o que fazer em vilnius
Constituição de Uzupis

St Peter and Paul’s Church

E por último nós visitamos a St Peter and Paul’s Church, essa bonitona aí da foto abaixo.

Essa foi a última atração que visitamos em Vilnius em nosso último dia na cidade. Ficamos sabendo que depois que partimos, o sol reinou soberano por vários dias. Isso é para nos ajudar a entender que a gente não controla nada nessa vida, muito menos o clima…rs.

O que fazer em Vilnius
St Peter and Paul’s Church

Mais tempo em Vilnius?

Se você tiver mais tempo em Vilnius você pode ir até o Trakai Castle. Nós decidimos não ir até o castelo pois tínhamos acabado de passar pela Romênia e estávamos saturados de castelos…rs. Por isso decidimos dedicar nosso tempo em Vilnius para visitar os museus da cidade.

Mas a boa notícia é que Vilnius Pass dá desconto para o tour que vai para o Trakai Castle. O preço normal do tour é de € 20, e com o Vilnius Pass você paga apenas € 5 – o valor é quase o mesmo para ir de ônibus normal.

Entretanto, caso você não tenha comprado o Vilnius Pass e queira ir até o Castelo, saiba que os ônibus públicos saem da Estação Rodoviária de Vilnius (Sodų St. 22), plataformas nº 6, 7, 8 (local), e 28 e 29 (intermunicipal, via Alytus). Tem ônibus a cada 20 minutos, mas você pode clicar aqui para consultar os horários, caso prefira.

O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO em uma viagem pela Europa!

Além de ser obrigatório e ser exigido na imigração, o Seguro Viagem ainda te garante uma trip sem preocupações, já que ele te dá cobertura até se a sua mala for extraviada. Uma super mão na roda!

E não é caro, gente! Tem seguro por valores irrisórios, menos de R$ 80,00 para uma viagem de 10 dias. Clique AQUI para obter sua cotação com DESCONTO. Ou clique no link abaixo ⤵️

Por isso nossa sugestão é fazer uma boa busca através da Segurospromo, um site que compara preços e te apresenta uma série de opções. Além disso, ao utilizar nosso código CASALWANDERLUST5 você ainda ganha 5% de desconto na hora! Faça já sua cotação clicando aqui ou no link abaixo:

O que fazer em Vilnius – Como se Locomover

Em Vilnius você pode usar aplicativos como o Uber e o Bolt na hora de se locomover. Aliás, o Bolt tem até locação de patinetes disponível no APP, eu achei o máximo!

Entretanto, caso você prefira usar o transporte público, saiba que o bilhete de ônibus custa € 1 e é possível comprar o bilhete com o motorista, só é necessário validar o mesmo nas maquininhas que ficam dentro do ônibus.

Ái que frio, não tenho roupa!

E quem disse que isso é um problema? O único problema é sair gastando fortunas no Brasil para comprar casacos de frio. Pois saiba que, pelo menos nesta parte da Europa, você não vai gastar fortunas para ficar quentinhx!

Nós compramos nossos casacos mais pesados em uma rede de lojas chamada HUMANA. Já ouviu falar? A HUMANA atua na Lituânia há 20 anos, no mercado de venda de roupas de segunda mão.

Embora tenha gente que torça o nariz para roupas usadas e brechós, eu vejo como uma nova maneira de praticar o turismo sustentável, de pagar barato e ainda comprar peças de ótima qualidade. Esse casaco da foto abaixo custou USD 15. Além disso as lojas HUMANA são lindas e super bem organizadas, de deixar H&M e Zara morrendo de inveja…hahaha.

Tudo de segunda mão nesse look: Casaco USD 15; Calça USD 3, Bota USD 16

O que fazer em Vilnius – Onde Comer

Vou te dar uma super sugestão de onde comer comida típica em um restaurante super fofo bem no coração de Vilnius, o Grey. Um restaurante super bem localizado, na Cathedral Square, uma das regiões mais turísticas da cidade.

Eu sei, nesse momento você pode pensar: “isso deve ser caro pra [email protected]. Mas não é não! O Grey fica na região mais turística de Vilnius, tem uma linda vista para a Cathedral Square, tem chopp gelado e menu degustação por estes valores, veja:

  • Chopp por € 3
  • Prato Principal por € 8
  • Entradas por € 5
  • Sopas por € 3 – a tradicional é a Pink Soup (sopa com beterraba)
  • Menu degustação por € 14 – são 3 pratos tradicionais incluindo SOBREMESA!

Imagine um restaurante desses perto da Torre Eiffel? Ou do Cristo Redentor? Ía custar no mínimo o dobro. Eu adorei. Por isso nós fomos lá dois dias seguidos…rs.

Pink Soup – Prato típico da Lituânia

O que fazer em Vilnius – Quando Visitar

A melhor época para visitar a Lituânia é no final da primavera ou durante o verão, quando os dias são mais quentes (23 graus na média). Entretanto considere que o verão é bem curtinho, entre os meses de julho e agosto e olhe lá…rs.

Nós estivemos em Vilnius no outono, no mês de outubro. A temperatura mínima que pegamos foi 5 graus e te digo que nem doeu…rs. Além disso, no outono a paisagem fica linda, com as folhas amarelinhas caindo de todas as árvores.

O inverno é bem pesado. As primeiras nevascas podem aparecer já no início de novembro e a temperatura média mesmo durante o dia pode ficar negativa. Por isso, se for visitar a Lituânia no inverno, prepare os casacos quentinhos, as toucas e as meias de lã.

O que fazer em Vilnius – Chegando

Nós chegamos em Vilnius depois de termos visitado Riga, a capital da Letônia. Compramos a passagem de ônibus de Riga para Vilnius com a empresa Ecolines e pagamos € 12 por pessoa. A viagem durou 4h20.

O que fazer em Vilnius – Saindo

Saindo de Vilnius nós pegamos um ônibus para Varsóvia, na Polônia. Contudo desta vez nós compramos a passagem com a empresa Luz Express e pagamos € 19 por pessoa, pois optamos por viajar de noite e assim economizar com acomodação. Entretanto vimos passagens promocionais por até € 10. A viagem durou aproximadamente 9h.

Espero que este post possa lhe ajudar. Aproveite e leia também:

Todos os nossos posts sobre a Romênia:

Todos os nossos posts sobre a Bulgária:

Todos os nossos posts sobre a Turquia:

Deixe um comentário