Um casal em uma viagem de volta ao mundo!

Conheça o belíssimo Templo de Edfu, no Egito

Situado entre Luxor e Aswan, a aproximadamente 115 km de ambas as cidades, está o Templo de Edfu, o segundo maior templo do Egito e um dos mais bonitos e melhor preservados de todo o país.

Veja neste post detalhes de como chegar, custos, dicas e lindas fotos deste belíssimo templo egípcio.

Edfu Temple Cruzeiro pelo Nilo

Edfu Temple

O Templo de Edfu

O Templo de Edfu também é conhecido como Templo de Hórus, nome do deus falcão ao qual o templo é dedicado.

Hórus representado nas paredes da entrada do Templo de Edfu

A cidade de Edfu, por sua vez, era conhecida pelos gregos como “Apollopolis Magna”, pois estes associavam o deus Hórus com o deus grego Apollo.

Assim como os templos de Dendera e Kom Ombo, o templo de Edfu foi construído durante a época Ptolomaica no Egito. Sua construção levou 180 anos, começando no ano de 237 e terminando somente no ano de 57 a.C.

Detalhes das colunas e do teto

Também assim como em Kom Ombo, o templo foi construído em cima das ruínas de outro templo muito mais antigo e menor, dedicado a Hórus. E onde os egípcios acreditam que a grande batalha entre Hórus e seu tio Seth aconteceu.

O complexo mede 137 metros de comprimento, 79 metros de largura e possui um pilono gigantesco (portal com duas torres) que atinge 37 metros de altura. Ele é composto basicamente por uma entrada principal, dois halls e um santuário.

Do lado oeste da entrada principal está também uma Mamisi (casa de parto/nascimento), onde anualmente era celebrado um festival em homenagem ao nascimento do deus Hórus e do faraó.

Faça já seu Seguro para garantir uma viagem tranquila pelo Egito. Utilizando o código promocional CASALWANDERLUST5 você ganha 5% de desconto na hora!

Seguramente um dos pontos altos da visita ao templo é o pilono. Ele é um dos maiores e mais bem preservados de todo o Egito e é decorado com cenas do Faraó Ptolomeu VIII subjugando seus inimigos em frente à Hórus.

Cenas representadas na entrada do templo

Ainda na entrada do templo estão duas estátuas de Hórus, em sua forma de falcão, feitas de granito cinzento.

Hórus representado em forma de falcão

O interior do Templo de Edfu

Logo após está o pátio principal, que era aberto a todos e onde as pessoas podiam deixar suas oferendas. Nas paredes deste pátio podem ser vistas cenas do festival da União Divina, que acontecia uma vez por ano. O festival retratava a união de Hórus com a deusa Hathor e culminava com a chegada da estátua de Hathor trazida do Templo de Dendera, a 180km dali.

Passando ao santuário, ao final do templo, ainda pode ser visto um pedestal de granito cinza polido, onde a estátua de Hórus era deixada e em frente deste está sua barca sagrada.

Arca sagrada de Hórus

Também assim como em Kom Ombo, há um “Nilômetro” nos arredores do Templo de Edfu. O “Nilômetro” era conectado ao rio Nilo por canais e assim podiam medir os níveis das cheias. Desta maneira era possível determinar a quantidade de terra que seria cultivável e, consequentemente, o valor dos tributos a serem cobrados.

A tecnologia sempre sendo usada para cobrar impostos, desde os tempos mais antigos 😫

Nilômetro

O Templo de Edfu foi usado até finais do século IV d.C., quando já sob o domínio romano, o culto dos demais deuses que não o deus cristão foi proibido em todo o império.

Seu estado de preservação se deve principalmente ao fato do mesmo ter sido “enterrado” pelas areias do deserto até 1860, quando o trabalho de desenterra-lo foi iniciado.

Interior do Templo de Edfu

Como Chegar

O Templo de Edfu é uma parada para quem, assim como nós, fizer o Cruzeiro pelo Rio Nilo entre Aswan e Luxor ou vice-versa.

O cruzeiro para na cidade e desde lá é possível pegar uma charrete por EGP 120,00 ou USD 6,70 (ida e volta, valores de abril de 2018). Você é meio “forçado” a pegar a charrete, chegando lá você sentirá a “pressão”. Mas é possível tentar negociar um táxi por ali também.

Para quem não for fazer o cruzeiro, outra opção é ir de trem até a estação de Edfu, tanto de Luxor como de Aswan. O bilhete de trem não deve sair mais que EGP 30,00 ou USD 1,70 e da estação é só pegar um táxi ou um tuk-tuk até o templo.

O templo fica a aproximadamente 4 km desde a estação de trem. O valor do táxi vai depender de sua habilidade para negociar.

Quanto Custa

O custo da entrada para o templo foi de EGP 100,00 ou USD 5,60 por pessoa em abril de 2018.

O Templo de Edfu em 10 fotos

Melhor época para visitar Edfu

Os meses de verão no Egito são bastante quentes. E a região do deserto fica particularmente escaldante nos meses de junho, julho, agosto e setembro. Fuja destes meses e tente fugir dos feriados de final do ano e Páscoa, quando o país é invadido por europeus.

Os meses de marçooutubro e novembro são ideias para a visita, pois o clima está agradável e não há muitos turistas.

Fonte: https://www.meteoblue.com/

Onde se Hospedar

Encontre seu hotel em Luxor ou em Aswan clicando no link abaixo. Você não paga nada a mais por isso, mas nos ajuda a manter o blog recheado de dicas 😊



Booking.com

Gostou? Veja também nossas demais publicações sobre o Egito:

Dicas práticas:

Informações que podem te ajudar:

Tudo sobre os Templos e como visitar em cada um deles:

🌎  Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

Deixe uma resposta