Um casal em uma viagem de volta ao mundo!

Cave Church e a Cidade do Lixo, no Cairo

O Mosteiro de São Simão, também conhecido como Cave Church (ou Igreja da Caverna), está localizado na montanha Mokattam em um cantinho escondido do Cairo, no Egito, bem longe das rotas turísticas.

E talvez o fato mais curioso da igreja seja o caminho para se chegar até lá. Já que o acesso se dá através de uma área conhecida como “Cidade do Lixo” por causa da grande população de catadores de lixo que moram por ali, os Zabbaleen.

A beleza da igreja em contraste com o odor e as vielas não tão bonitas da cidade do lixo fazem parte de um caminho que te fará refletir. Nós estivemos por lá e vamos contar sobre essa experiência aqui neste post.

Cave Church

A Cave Church

Onde se hospedar no Cairo

Se você estiver buscando uma opção de hospedagem econômica e super bem localizada no Cairo, nós indicamos o Ismailia House Inn. Bem no coração da praça Tahrir e com uma super vista (diga-se de passagem), o Ismailia oferece quartos duplos por USD 10,00 e quartos individuais por USD 6,00. Nestas opções o banheiro é compartilhado. Mas eles possuem opções com banheiros privativos também. Obs.: só não se assuste com o elevador 😬

Mas caso queira ver outras boas opções clique aqui para ver a seleção de hotéis que nós preparamos.

Lembrando que ao utilizar o Booking.com você pode efetuar suas reservas em reais (R$) fugindo assim do IOF. E em muitos casos é possível fazer o cancelamento gratuitamente, caso seja necessário.

São Simão – Simon the Tanner

A Cave Church teria sido escavada na montanha onde ocorreu o milagre de São Simão, um santo da igreja copta, que em inglês é mencionado como Simon, the Tanner.

Cuidado para não confundir este Simão com o santo católico homônimo, o discípulo de Jesus. São santos diferentes.

São Simão, o santo da igreja copta

O Milagre de São Simão

O califa que governou o Egito entre os anos de 972 e 975 d.C. costumava convidar líderes religiosos para debates diante de sua presença. E em uma dessas conversas estavam presentes o patriarca da igreja copta, chamado de papa Abraão e um judeu chamado Yaqub Ibn Killis.

No primeiro debate o papa saiu na vantagem e, afim de desafia-lo, o judeu citou o versículo bíblico em que Jesus disse (de acordo com o evangelho de Mt 17,20): “Eu asseguro que, se vocês tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, poderão dizer a este monte: ‘Vá daqui para lá’, e ele irá. Nada será impossível para vocês.” O desafio proposto ao papa copto seria mover a montanha Mokattam ao final de três dias, apenas com a força da fé.

O papa Abraão pediu para que todos os fiéis jejuassem e ficassem em oração. Junto com demais bispos e sacerdotes coptos ficou confinado dentro da Hanging Church (que também pode ser visitada no bairro Copta no Cairo).

No confinamento na igreja o papa teve a visão da Virgem Maria, que indicou Simão, um simples morador da região que trabalhava curtindo couro, para realizar o milagre.

Exterior da Hanging Church, no bairro Copta do Cairo

Após 3 dias de orações e jejum, uma multidão se locomoveu até a Montanha Mokattam.

Reza a lenda que com o poder da oração, Simão fez a montanha se erguer por 3 vezes. Um terremoto arrastou a montanha enquanto ele orava. A ponto que as pessoas que estavam no local pudessem ver o sol por debaixo dela. Depois do milagre, muitos muçulmanos teriam se convertido ao cristianismo.

Cave Church

Interior da Cave Church 

A Cave Church

Para celebrar o milagre, os cristãos construíram diversas igrejas nos arredores da montanha. Porém, a Cave Church foi construída em 1975, depois de um grande incêndio ter destruído a construção anterior.

A igreja tem capacidade para receber 20.000 pessoas e é a maior igreja do Oriente Médio. É super bonita. Estivemos por lá em um feriado e tinha muitas famílias da região fazendo piqueniques por ali.

Se você tiver um tempo sobrando em sua estadia no Cairo, saiba que a visita vale a pena.

Cave Church

A igreja atual atende a comunidade dos Zabbaleens, cuja maioria (90%) são Coptos.

Os Zabbaleen

Os Zabbaleen são descendentes de agricultores que começaram a migrar do Alto Egito para o Cairo na década de 1940. Fugindo do trabalho nas lavouras e da pobreza, eles se mudaram para a cidade à procura de trabalho e montaram assentamentos improvisados ​​em diversas partes do Cairo.

Inicialmente, eles mantiveram sua tradição de criar porcos, cabras, galinhas e outros animais. Mas acabaram encontrando na coleta e classificação do lixo uma atividade mais lucrativa.

Os Zabbaleen separavam o lixo doméstico, salvando e vendendo coisas de valor, enquanto o lixo orgânico proporcionava uma excelente fonte de alimento para seus animais. O negócio prosperou e diversas outras pessoas passaram a migrar do Alto Egito para as comunidades criadas pelos Zabbaleen.

Crédito para a foto: Scott Nelson 2009

A Cidade do Lixo

Durante anos os Zabbaleen moviam seus assentamentos improvisados ​​pela cidade, tentando evitar as autoridades municipais. Até que um grande grupo de Zabbaleen estabeleceu-se nas redondezas da montanha Mokattam. Região que passou a ser chamada de Cidade do Lixo.

A comunidade que tinha cerca de 8.000 moradores no início dos anos 80, se tornou a maior comunidade de catadores de lixo do Cairo, com aproximadamente 30.000 habitantes de Zabbaleen.

O Egito é um país de maioria muçulmana, mas os zabbaleen são cristãos coptas, pelo menos 90% deles. As comunidades cristãs são raras de se encontrar no Egito, por isso os Zabbaleen preferem ficar em Mokattam, dentro de sua própria comunidade religiosa. Muitos podem comprar casas em outros lugares. Mas a grande maioria dos Zabbaleen se sente mais segura na Cidade do Lixo.

O processo de reciclagem dos Zabbaleen

A maioria das grandes empresas de reciclagem de lixo conseguem reciclar, em média, 30% de todos os resíduos coletados. Porém, o sistema de reciclagem dos Zabbaleen atinge a incrível marca de 80%.

Veja que interessante: 80% de tudo o que é coletado consegue ser reciclado por este sistema que já foi mencionado em diversos meios como sendo um dos mais eficientes do mundo!

Tal capacidade de reciclagem se dá através de microempresas familiares que geram renda entre os moradores da comunidade. Normalmente os homens é que são responsáveis pela coleta dos resíduos. Enquanto mulheres e crianças os aguardam em casa para fazer o trabalho de triagem.

Os resíduos são divididos em 16 categorias e o lixo orgânico utilizado para alimentar os porcos criados pelos Zabaaleen, que depois de grandes são vendidos para a indústria de turismo, já que muçulmanos não comem carne suína. Após a triagem os resíduos são vendidos para empresas para que se transformem em novos produtos, tais como plásticos, alumínio e etc. Ou seja, quase nada se perde neste eficiente processo.

Em 2009 os Zabaaleen enfrentaram um momento crítico. Com o medo do avanço da crise da gripe aviária, o governo abateu os porcos das comunidades. Sem os porcos para resolver a questão do lixo orgânico, os Zabaaleen se viram em um momento difícil. Contratos firmados pelo governo com grandes empresas do setor também trouxeram impactos negativos para os Zabaaleen. Parte desta história pode ser vista no premiado documentário de 2009 chamado Garbage Dreams.

Como Chegar

O caminho até a Cave Church é feito pelas ruas estreitas do bairro dos Zabbaleen, com carrinhos de lixo passando por você, juntamente com pilhas de lixo, plásticos e latas nas laterais das vielas, com pessoas trabalhando na separação.

Você pode chegar até lá de táxi ou de Uber. Nós fomos de Uber e a corrida do centro do Cairo até lá custou USD 6,00.

Fontes:

Gostou? Veja também nossas demais publicações sobre o Egito:

Dicas práticas:

Informações que podem te ajudar:

Tudo sobre os Templos e como visitar em cada um deles:

🌎  Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

 

3 comentários sobre “Cave Church e a Cidade do Lixo, no Cairo

  1. Bruno Feitosa

    Ola casal, tudo bem? estou amando as dicas de vocês pelo Egito. Estou montando a minha viagem que acontecera agora em Novembro. Estou indo por conta própria. Gostaria de saber se para entrar nessa igreja é cobrado algum valor? E se vocês saberiam informar quais os dias que ela encontra-se aberta e horários, pois não achei essas informação em nenhum lugar.

    Aguardo

    Obrigado por todas as informações.

    1. CASAL WANDERLUST

      Olá Bruno, tudo bem?
      A entrada é gratuita. Quanto aos dias e horários eu infelizmente não sei te dizer, pois também não encontrei essas informações nem quando estivemos lá…rs
      Quando chegamos ela estava fechada, mas o zelador abriu o local para que pudéssemos entrar 🙂
      Abração!

Deixe uma resposta