Um casal em uma viagem de volta ao mundo!

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban, na África do Sul

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban – Depois de passarmos alguns dias no reino da Suazilândia, nós saímos do nosso lodge em Mbabane às 8h e logo pegamos uma kombi (minivan) até Manzini – pois é de Manzini que saem os transportes para Durban, na África do Sul.

Se fôssemos para Joanesburgo poderíamos ter iniciado nossa viagem em Mbabane mesmo, pois de lá saem kombis para Joanesburgo (veja aqui como foi nossa viagem de vinda, de Joanesburgo até Mbabane).

A viagem de Mbabane até Manzini durou 20 minutos apenas e custou USD 1,54 para cada um.

De Manzini, na Suazilândia, até Durban, na África do Sul

Assim como em Mbabane, as kombis saem de Manzini naquele mesmo esquema meio bagunçado mas que funciona super bem!

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban – Local de saída das Kombis

E o processo também é o mesmo, ou seja, as kombis ficam lá esperando atingir a lotação completa de passageiros para só assim iniciarem a viagem.

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban – Quanto custa

O trecho Manzini x Durban custou USD 19,00 por pessoa.

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban – Quanto tempo demora

A viagem até a fronteira durou 1h40m.

Na fronteira todos são obrigados a descer e fazer o processo de imigração carregando suas bagagens.

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban

Passamos pelo lado Suazi para carimbarmos o passaporte com a saída do país e adentramos mais uma vez a África do Sul. Como já tínhamos o visto de entrada (que pegamos em nossa chegada no aeroporto), o processo foi rápido, ganhamos mais um carimbo e seguimos rumo à inspeção sanitária.

No total gastamos 6h30m de Manzini até Durban!

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban – Inspeção sanitária

Graças a Deus os policiais não quiseram vasculhar nossas mochilas grandes – pois só Ele sabe o trabalho que dá para tirá-las e colocá-las de volta nas costas…rs.

➡️  É proibido entrar na África do Sul com frutas, ou seja, perdemos nossas maçãs 😕

Após passarmos pela fronteira tivemos que esperar a travessia de um trem, para então seguimos rumo a Durban – nosso segundo destino na África do Sul.

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban

Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban

Lembre-se do Seguro Viagem!

O seguro viagem é indispensável em uma viagem pelo continente africano. Afinal, imprevistos acontecem e é sempre bom estar preparado para eles! Para escolher o melhor tipo de seguro para a sua viagem eu indico a Segurospromo. Especialmente porque ao utilizar nosso código CASALWANDERLUST5 você ganha 5% de desconto na hora!

Segurospromo é um site que compara preços e te apresenta uma série de opções de seguro com um resumo bem detalhado de preços, cobertura e etc. Uma mão na roda!

Nós temos amiga que teve uma crise renal em Atlanta (USA) e se não fosse pelo seguro viagem ela teria que arcar com uma conta de USD 25.000,00. Já pensou? Não arrisque!  Faça já sua cotação clicando aqui.

✅  Planejando uma viagem para a África do Sul? Veja todos os posts que escrevemos sobre o país:

🌎  Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

4 comentários sobre “Cruzando a fronteira da Suazilândia para Durban, na África do Sul

    1. CASAL WANDERLUST Autor da Postagem

      Caro né, Mi? Estamos assustamos com os preços daqui.
      Mas tb conta o fato que acabamos de chegar. Vcs já chegarão por aqui sabendo de todos os paranauês das economias…hehe!
      Bjo!

      1. olívia

        Bom dia!! gostaria de saber qual o valor a ser pago para fazer a travessia de carro, se paga alguma taxa! você saberia me dizer?

        obrigada!

        1. CASAL WANDERLUST Autor da Postagem

          Olá Olívia, tudo bem?
          Nós cruzamos a fronteira utilizando transporte público, então não sabemos te informar os trâmites para cruza-la com veículo próprio ou alugado.
          Contudo, sabemos ser possível atravessar a fronteira com veículo alugado. Cada locadora cobra uma taxa específica para emitir o documento de autorização.
          Você vai alugar um carro, certo? Acho mais interessante consultar a locadora escolhida, eles provavelmente saberão te orientar.
          Desculpe por não poder ajuda-la nesta questão.
          Um abraço!

Deixe uma resposta