Casal Wanderlust

Como ir da Zâmbia até a Tanzânia de trem – Tazara Railway

Veja nesse post como nós fizemos para ir de Kapiri Mposhi, na Zâmbia, até Dar Es Salam, na Tanzânia, de trem, com o Mukuba Express Train, também conhecido como Tazara Train.

Vamos contar através de fotos e vídeo como foi essa aventura que durou quase três dias, nos ajudou a economizar dinheiro e a experimentar um novo jeito de viajar pelo continente africano.

A estação do Tazara Railway em Kapiri Mposhi, na Zâmbia

Depois de conhecer a Victoria Falls em Livingstone nós seguimos até Lusaka, na Zâmbia. Na capital nós pegamos um ônibus até Kapiri Mposhi, cidade de onde parte o Tazara, ou o Tanzan Train, o trem que segue até Dar Es Salam, na Tanzânia.

Como comprar o tickets para o Tazara Train

Sem vendas de bilhetes online, comprar os bilhetes para o Tazara, ou Tanzam Train, até que é uma tarefa relativamente fácil. Você só precisa ligar para os números que informaremos mais abaixo e fazer uma reserva em seu nome. Sim, é só isso! Nada de cartão de crédito, número de passaporte e sobrenome, basta seu nome e pronto. Reserva garantida. E acredite, funciona super bem dessa maneira.

Esses são os números de telefone para você ligar para fazer a reserva dos bilhetes:  +260 966 529 753 ou +260 977 269 276. Veja mais informações clicando aqui.

Não conseguiu ligar e reservar antecipadamente? Não se preocupe! Muitas pessoas reservam os assentos e acabam não indo. Por isso sempre há disponibilidade de tickets na bilheteria, mesmo em cima da hora.

Nossos bilhetes para uma cabine na segunda classe

Normalmente grampeado no passaporte, seu bilhete deverá permanecer com você durante toda a viagem. Em vários momentos nós tivemos de apresentá-lo ao pessoal da fiscalização do trem.

A estação do Tazara Railway, em Kapiri Mposhi

Meio bagunçada, como quase toda estação de trem e ônibus nos países africanos, a estação New Kapiri Mposhi fica a poucos minutos do centro da cidade.

Uma corrida de táxi do ponto de parada do ônibus até a estação de trem custa em média ZMW 50,00 ou USD 5,00.

Espere encontrar uma muvuca de gente carregando mil malas e pacotes, em um ambiente não tão bonito e organizado. Mas esse é o espírito da aventura. Certo?

O pessoal se preparando para o embarque

Quanto Custa

Aí é que está! O trem possui primeira, segunda e terceira classes. A terceira classe é composta por cadeiras, a segunda classe por cabines contendo 6 camas cada e a primeira classe possui 4 camas em cada cabine. Aliás, essa é a única diferença entre a primeira e segunda classe, o número de camas por cabine.

O valor para uma cama na segunda classe custa ZMW 272,00 ou USD 28,00 e na primeira classe custa ZMW 330,00 ou USD 34,00.

Como são as Cabines

São boas, limpas, decentes e bem “OK”. Achamos o trem super bom. De fabricação chinesa, parecia novo, em perfeito estado.

As cabines não são mistas, são divididas entre cabines masculinas e femininas. Ou seja, se você estiver viajando com namorado (a), marido (esposa) ou amigo (a), vocês ficarão separados, a não ser que comprem uma cabine inteira.

Tazara

Nossa cabine na segunda classe

Como nós fizemos

Nós compramos uma cabine inteira. Conhecemos um brasileiro que topou dividir as despesas com a gente e fechamos uma cabine da segunda classe para nós três.

Nós gastamos USD 56,00 cada um. E, considerando que foram quase três dias de viagem, até que foi um valor razoável. Né?

Nós, o Diego, o livro do Guilherme Canever e a liberdade de ter uma cabine só para nós e nossas cervejas!

Quanto tempo dura a viagem

Nós saímos de Kapiri Mposhi em uma terça-feira às 16h e chegamos em Dar Er Salam na sexta-feira às 4h da manhã. Ou seja, foram 60 horas de viagem no total.

Como é a viagem

É muito bacana. Sério! Mas essa é nossa humilde opinião. Nós adoramos vivenciar esse tipo de experiência. Comer o que as pessoas locais comem, viajar como elas viajam e ver a vida de um país por um ângulo não tão turístico. E somado a tudo isso nós gostamos de economizar dinheiro também 😃

A viagem é um tanto barulhenta, o trem para em diversas estações e atrasa MUITO! Portanto, caso você opte por utilizar este meio de transporte, esteja ciente de que vai atrasar. Nossa viagem atrasou 16 horas, para você ter uma idéia.

Crianças nos trilhos em uma das muitas paradas do trem

Alimentação durante a viagem de trem

A alimentação durante a viagem é maravilhosa. O restaurante do trem é muito bom.

O cardápio oferece café da manhã, almoço e jantar por precinhos muito camaradas. Veja só:

  • Café da manhã completo – ZMW 20,00, ou USD 2,00
  • Um bife gigante (T-bone) com arroz – ZMW 30,00 ou USD 3,00
  • Peixe frito com arroz – ZMW 25,00 ou USD 2,50
  • Frango com arroz – ZMW 20,00 ou USD 2,00

E todos os pratos podem vir acompanhados de arroz, batata frita ou papa – uma espécie de polenta sem tempero que é super popular em todo o continente africano.

E a melhor parte: 500 ml de cerveja custa cerca de ZMW 10,00 ou USD 1,00 😱  Nem preciso falar que esta foi a parte que nós mais gostamos. Né?

Peixe com papa servido no jantar. No vídeo (mais abaixo) mostramos as demais opções

E os banheiros no Tazara Trem?

Saber como é o banheiro do trem é uma parte bastante importante em uma viagem que vai durar alguns dias, né? 😁

O trem tem dois tipos de banheiro. Um deles para a primeira classe, conforme essa foto abaixo.

Banheiro para a primeira classe

E esse outro para a segunda e terceira classes. Com esse buraco no chão para fazer os números 1 e 2, chuveirinho pinga-pinga para tomar banho, na tentativa de tentar se refrescar do calorão, e vamo que vamo!

Não aconteceu com a gente, mas imagine ter uma dor de barriga? Como será que faz para acertar o buraco com o trem chacoalhando? Já pensou!? 😂

Tazara Train

Banheiro para a segunda e terceira classes

O processo de imigração entre os países

Na metade do segundo dia de viagem nós chegamos até a fronteira da Zâmbia com a Tanzânia. Os oficiais da fronteira entram no trem, o que torna o processo de imigração bastante simples.

O visto para a Tanzânia custa USD 50,00 por pessoa.

Trocando dinheiro dentro do trem

A partir do cruzamento da fronteira com a Tanzânia o trem passa a aceitar somente a moeda local, o Xelim Tanzaniano (TZS).

E no mesmo esquema para a obtenção do visto, antes da parada na fronteira as pessoas que trocam dinheiro entram no trem para fazer o câmbio. Você nem precisa se preocupar em procurar um lugar para trocar dinheiro, as pessoas vem até você.

Lázaro e Diego trocando dinheiro dentro do trem

Nós trocamos dólares americanos por xelins tanzanianos por uma taxa equivalente a 1 USD = TZS 2.200,00.

Cédulas de Xelins Tanzanianos

Vídeo

Quer saber como foi nossa viagem da Zâmbia até a Tanzânia com o Tazara Train? Então aperta o play e veja o vídeo que nós fizemos:

Adversidades no caminho

Ficamos 3 horas parados na estação de Mbeya porque, sabe-se lá Deus a razão, tivemos de esperar o trem Kilimanjaro, que vinha na direção oposta. Depois paramos mais 6 horas na estação Makambako porque um trem descarrilhou em outro ponto da linha férrea e nós tivemos de aguardar.

Um uma viagem longa onde a cerveja é gelada e custa barato é fácil encontrar algumas pessoas que exageram e começam a causar problemas. Nós presenciamos um caso assim. Um moço super bêbado estava causando o maior tumulto no restaurante. Mas ainda bem que o pessoal do trem é super preparado para lidar com estas situações e logo o expulsou dali.

Cuidados ao chegar em Dar Es Salam

Nós chegamos em Dar Es Salam no meio da madrugada, o que nos deixou um pouco apreensivos. Por isso ficamos aguardando na estação de trem até o sol nascer e somente depois disso é que fomos procurar um táxi.

Na Tanzânia são muitos os casos de falsos taxistas que levam os passageiros até um lugar a esmo, roubam-lhes todos os pertences deixando-os perdidos, sem dinheiro, sem passaporte, sem nada. E confesso que esse era nosso maior receio quando chegamos no país.

Nossa sorte foi que encontramos um funcionário da estação de trem que estava lá justamente para ajudar as pessoas com relação aos táxis. Ele próprio chamou um táxi para nós  anotou a placa e a identidade do motorista em uma espécie de registro da corrida, o que nos deixou bastante tranquilos. E detalhe: ele não cobrou nada pelo serviço prestado.

A corrida custou TZS 20.000,00 ou USD 9,00 e o táxi nos levou direitinho até o ponto de onde parte o Ferry Boat até Zanzibar, nosso primeiro destino na Tanzânia. Veja aqui o relato completo sobre esse paraíso.

 

Esperamos que tenha gostado. Aproveite e leia também:

🌎  Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

Deixe uma resposta