Um casal em uma viagem de volta ao mundo!

O que fazer em Yangon – 13 Principais Atrações

O que fazer em Yangon – a maior cidade do Myanmar. Yangon é a porta de entrada para o país, então certamente você deve passar um ou dois dias na cidade. Pensando nisso nós fizemos esse post incluindo as 13 principais atrações, dicas de onde se hospedar, como se locomover e os principais custos da viagem.

Nós passamos 2 dias inteiros em Yangon e achamos que foi tempo suficiente para explorar as principais atrações da cidade. Veja todas as informações neste mini guia.

O que fazer em Yangon

O que fazer em Yangon – Shwedagon Pagoda

Onde se hospedar em Yangon

Nós nos hospedamos no Esperado Lakeview Hotel. O hotel é maravilhoso e super bem localizado. Possui quartos super confortáveis e oferece um delicioso café da manhã com uma vista deslumbrante para o Kandawgyi Lake.

Caso queira ver outras opções de hotéis, veja a seleção que nós preparamos para você, basta clicar aqui. Lembrando que ao utilizar o Booking.com você pode efetuar suas reservas em reais (R$) fugindo assim do IOF. E em muitos casos é possível fazer o cancelamento gratuitamente, caso seja necessário.

O que fazer em Yangon

O que fazer em Yangon – Nosso quarto no Esperado Lakeview Hotel

O que fazer em Yangon

Yangon já foi chamada de Ragoon, nome dado pelos ingleses durante o período de ocupação. Até que em 1989 o governo militar solicitou que o nome Yangon fosse novamente adotado. A cidade foi capital do país de 1948 até 2006, quando este mesmo governo militar decidiu mudar a capital para Naypyidaw, uma cidade construída do zero a partir do ano de 2002.

Mesmo perdendo seu posto de capital oficial do país Yangon mantém seu status de centro econômico do Myanmar. Com um ar cosmopolita clássico de uma grande cidade, Yangon oferece uma boa infraestrutura para receber o turista, seja ele um viajante requintado ou um simples mochileiro. Yangon é uma bonita mistura do novo e do tradicional. Vem ver!

O que fazer em Yangon

O que fazer em Yangon – Monges nas ruas de Chinatown

1 – Shwedagon Pagoda

A Shwedagon Pagoda é o cartão postal de Yangon. A Pagoda é a atração principal, mas o complexo onde ela reside é igualmente belo, com construções de um colorido absurdo.

Com seus 2.500 anos de idade a Shwedagon Pagoda abriga uma relíquia que contém fios de cabelo de Buda. É o local mais sagrado para o povo budista do Myanmar e também o mais impressionante, na minha opinião.

A Pagoda Shwedagon é coberta com centenas de placas de ouro. Isso mesmo, você leu direitinho, ouro. Não é só tinta dourada não. Só o topo da construção leva 500 quilos de ouro maciço. Além de 5.448 diamantes, 2.317 rubis, safiras e outras gemas, 1.065 sinos dourados e, no topo, um único diamante de 76 quilates. Tá bom pra você?

O que fazer em Yangon – Shwedagon Pagoda 

O que fazer em Yangon

O que fazer em Yangon – Parte do complexo da Shwedagon Pagoda

Quanto custa: A entrada para a Shwedagon Pagoda custa MMK 10.000,00 por pessoa, que equivale a USD 6.50.

Horário de funcionamento: Diariamente das 4h da manhã até às 22h. Durante nossa visita ela estava passando por reformas, como você pode reparar na foto.

Dica: Reserve no mínimo 2 horas para a visita e tente chegar lá bem no início do dia, quando tem menos gente. A noite ela fica toda iluminada e lindíssima. Não deixe de conferir!

2 – Maha Wizaya Pagoda

A Maha Wizaya Pagoda é a prima mais jovem da famosa Shwedagon Pagoda. Construída em 1980 com o dinheiro doado por budistas de todo o país, ela guarda em seu interior uma estátua de Buda que foi presente do rei do Nepal na época.

Mas o mais legal é que por conta do sucesso de sua vizinha, a Maha Wizaya Pagoda não recebe tantos turistas. Logo, você poderá admirar toda a sua beleza dourada na paz de Buda, sem aperto nem tumulto.

O que fazer em Yangon

O que fazer em Yangon – Maha Wizaya Pagoda

Quanto custa: A entrada é gratuita.

Horário de funcionamento: Diariamente das 4h da manhã até às 22h.

3 – Botahtaung Pagoda

Existem duas pagodas em Yangon que abrigam relíquias que guardam fios de cabelo de Buda, a Shwedagon Pagoda, mencionada acima, e a Botahtaung Pagoda.

Os fios de cabelo de Buda foram trazidos da Índia por dois irmãos que conheceram Buda pessoalmente. O Rei da época presenteou os irmãos com dois fios de cabelo e um deles teria mandado construir a Botahtaung. Os demais fios foram transferidos para a Shwedagon.

A construção original foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial. Um comitê foi formado para gerenciar a reconstrução e a relíquia com os fios de cabelo teria sido encontrada nos escombros.

O que fazer em Yangon

O que fazer em Yangon – Botahtaung Pagoda

Quanto custa: A entrada para a Botahtaung Pagoda custa MMK 6.000,00, que equivalem a USD 4.00.

Horário de funcionamento: Diariamente das 6h da manhã até às 20h. Durante nossa visita ela também estava passando por reformas, como você pode reparar na foto.

4 – Chinatown

O que fazer em Yangon – Chinatown é sempre sinônimo de comida, e é exatamente por isso que a gente adora. Sempre me lembro de uma pastelaria na cidade onde estudei e trabalhei no Brasil e que tinha os melhores pastéis do mundo. Os donos? Eram chineses, claro! Oh povo pra fazer comida boa!

No bairro Chinatown de Yangon nós vimos a clássica muvuca: lojinhas vendendo bugigangas, gente pra todo lado e os tradicionais restaurantes. Mas o que mais no chamou atenção foi a quantidade de pessoas vendendo legumes, verduras e frutas nas calçadas. Passeamos por lá pela manhã e adoramos. Dá até para complementar o café da manhã comendo frutas fresquinhas. Um pedaço enorme de melancia custou MMK 500,00, ou USD 0,30.

Yangon

O que fazer em Yangon – Chinatown

5 – Sule Pagoda

A Sule Pagoda fica no centro de Yangon e também teria sido construída a mais de 2.500 anos.

A palavra Sule significa “reunião”. E de fato, parece que todas as ruas de Yangon se encontram na Pagoda. Não á toa os ingleses usaram a Sule Pagoda como o centro de seu planejamento urbano quando redesenharam Yangon em 1800.

Em seu interior há oito imagens de Buda representando cada dia da semana. Foi visitando a pagoda que eu descobri que nasci em uma sexta-feira, nunca tinha parado para pensa nisso…rs

O que fazer em Yangon – Sule Pagoda

Quanto custa: A entrada para Sule Paya Pagoda custa MMK 4.000,00, que equivalem a USD 2.60.

Horário de funcionamento: Diariamente das 6h da manhã até às 20h.

Dica: A localização central faz com que ela seja um bom ponto de partida para passear pelo centro da cidade. Da Sule Pagoda você pode seguir caminhando até Downtown Yangon.

6 – Downtown Yangon

O que fazer em Yangon – Logo após visitar a Sule Pagoda aproveite para caminhar pelo centro de Yangon, Downtown Yangon.

O centro de Yangon foi projetado em meados de 1800 pelo tenente Alexander Fraser, que também projetou Singapura. Caminhando pela área você poderá ver vários prédios históricos.

Yangon

O que fazer em Yangon – City Hall

Yangon

O que fazer em Yangon – Monumento da Independência

Yangon

O que fazer em Yangon – High Court Building

7 – Bogyoke Aung San Market

Existem dois mercados com o mesmo nome, o Bogyoke Aung San Market antigo e o novo, um de cada lado da rua. O mercado antigo fica em um prédio com arquitetura colonial. Por lá você encontra roupas, bijuterias, jóias, artesanatos, bugigangas, comidas e frutas. Nós temos uma coleção de ímãs de geladeira e no mercado antigo compramos um ímã por MMK 1.300,00, que equivale a USD 1.00. Ou seja, dá para garimpar e encontrar itens bem baratinhos por lá.

O novo Bogyoke Aung San Market é um grande shopping center com lojas de várias marcas famosas, tais como Benetton, Armani, Spirit, e mais um monte. Nós só entramos no prédio e depressa saímos correndo de lá…rs. Mas para quem gosta é uma ótima pedida.

O que fazer em Yangon – Bogyoke Aung San Market

Quanto custa: A entrada é gratuita.

Horário de funcionamento: Diariamente das 8h da manhã até às 17h30m.

8 – Theingyi Zay Market

Visitar o mercado Theingyi Zay pode ser uma experiência mais autêntica do que visitar o Bogyoke Aung San Market. Aqui você encontrará preços mais baixos e verá que quem frequenta este mercados são as pessoas locais.

O Theingyi Zay Market é enorme e ocupa quatro quarteirões no centro da cidade, em torno da Shwedagon Pagoda Road. Tem uma sessão inteira só vendendo tecidos e também uma vasta seleção de ervas e medicamentos. Sem contar, é claro, as comidinhas de rua que são vendidas por todo lado.

Yangon

O que fazer em Yangon – Theingyi Market

Quanto custa: A entrada é gratuita.

Horário de funcionamento: Diariamente das 6h da manhã até às 17h.

9 – Circle Line (trem)

Fomos até a estação de trem na esperança de pegar o Circular Line, o trem que faz uma rota circular por Yangon que é famosa pelas belas paisagens. Porém, ao chegarmos na estação recebemos a informação de que “no more circular line”. Demoramos a compreender pois o inglês dos funcionários do guichê não era dos melhores, mas na sequência apareceram duas adolescentes que nos ajudaram com a tradução.

A Linha Circular está fechada para reparos nos trilhos e a previsão de reabertura é para junho de 2019. Então se você pretende visitar Yangon nesse período, leve isso em consideração.

Mas para ter o gostinho da viagem de trem pegamos uma linha até a estação Tadagale, onde descemos para visitar a Tooth Relic Pagoda.

O que fazer em Yangon – Circular Line

Quanto custa: O ticket para o trem é baratinho, custa MMK 200,00, que equivalem a USD 0.13.

10 – Swe Taw Myat (Tooth Relic Pagoda)

A Swe Taw Myat Pagoda (ou Tooth Relic Pagoda) é uma construção relativamente nova.

Como o nome sugere, ela guarda em seu interior uma relíquia com um dente de Buda. Quer dizer, atualmente ela guarda uma réplica de marfim, já que o dente original mora na China. O governo chinês enviou a relíquia com o dente verdadeiro para ser adorado por 45 dias no local em 1994. Mas hoje o que você verá em seu interior, muito belo aliás, é apenas uma réplica do dente.

Nós já visitamos 2 templos que guardam uma relíquia com um dente verdadeiro que teria sido de Buda. Um deles foi em Singapura e o outro em Kandy, no Sri Lanka.

Yangon

O que fazer em Yangon – Swe Taw Myat – Tooth Relic Pagoda

Quanto custa: A entrada para a Swe Taw Myat Pagoda é gratuita.

Horário de funcionamento: Diariamente das 6h da manhã até às 18h.

Como chegar: Fomos a pé partindo da estação de trem Tadagale.

11- Kaba Aye Pagoda

O nome “Kaba Aye” significa “Paz Mundial”. Bonito, né?

Construída em 1954 a Kaba Aye Pagoda é a que possui um dos interiores mais bonitos, na minha opinião. E foi por ali que nós encerramos nossa overdose de Pagodas douradas em Yangon.

O que fazer em Yangon – Kaba Aye Pagoda

O que fazer em Yangon – Interior da Kaba Aye Pagoda

Quanto custa: A entrada para a Kaaba Aye Pagoda custa MMK 3.000,00, que equivalem a USD 2.00.

Horário de funcionamento: Diariamente das 6h da manhã até às 20h.

Como chegar: Esta Pagoda fica a 2 km da Tooth Relic Pagoda. Pegamos um Grab que custou MMK 2.000,00, ou USD 1.30.

12 – Chaukhtatgyi Paya – The Giant Reclining Buddha

O último templo que visitamos em Yangon é famoso por sua enorme estátua de Buda Reclinado. Foi construído em 1966, substituindo a antiga estátua que datava de 1907, mas que acabou danificada devido ao clima ao longo dos anos. A impressionante estátua mede 65 metros.

Os mosteiros nas proximidades deste templo acomodam mais de 600 monges. Logo, é comum encontrar pessoas por lá pedindo doações.

Yangon

O que fazer em Yangon – Chaukhtatgyi Paya

Quanto custa: A entrada é gratuita.

Horário de funcionamento: Diariamente das 6h da manhã até às 20h.

Como chegar: Este templo fica a 3 km da Kaaba Aye Pagoda. Pegamos um Grab que custou MMK 3.000,00, ou USD 2.00.

13 – Kandawgyi Lake

Este lago ficava bem em frente ao hotel onde estávamos hospedados. Em uma de nossas caminhadas a pé pela cidade nós passamos por lá.

É uma boa pedida para os dias de calor. O frescor do lago e a sombra das árvores ajudam muito. E essa construção bonitona e dourada que podemos ver na foto é um restaurante chamado Karaweik.

yangon

O que fazer em Yangon – Kandawgyi Lake

Quanto custa: A entrada para o lago é gratuita.

Onde comer em Yangon

Nós adoramos o Danuphyu Daw Saw Yee. O restaurante não tem cardápio, é um buffet onde o esquema é ir apontando para as porções que você quer.

Nós escolhemos 4 porções de vegetais e 3 de proteína. Arroz, salada e sopa são servidos sem cobrança adicional. Resumindo, esse banquete aí da foto custou MMK 4.000,00 por pessoa, ou USD 2.60. Deixo aqui a localização deste restaurante no Google Maps.

O que fazer em Yangon – Nosso banquete no Danuphyu Daw Saw Yee

Endereço: Bldg S/1, West Race Course Rd., U Chit Maung Housing,Tarmwe Township, Yangon.

Horário de funcionamento: Diariamente das 6h da manhã até às 20h

Outra opção é a Rede Feel, que funciona no mesmo esquema. São diversos estabelecimentos lado a lado onde você escolhe as opções. Compramos chopp gelado por MMK 1.000,00, ou seja, apenas USD 0.60. Super recomendo!

As mesas na calçada são uma ótima pedida, especialmente pelo chopp a USD 0.60

Endereço: No.68, Taw Win Rd, Yangon.

Horário de funcionamento: Diariamente das 6h da manhã até às 20h.

Como se vestir

As principais atrações de Yangon são as Pagodas, ou seja, monumentos religiosos onde as pessoas vão para meditar e fazer suas orações. São lugares sagrados onde mostrar demais o corpo pode ser visto como falta de respeito.

  • Mulheres – blusas regata, tomara que caia (ou com decotão), saias e shorts curtos não são bem-vindos;
  • Homens – em alguns templos o Lázaro pôde entrar com uma bermuda com comprimento abaixo dos joelhos, em outros não. Camiseta regata também não pode.

Na maioria das atrações eles emprestam o longyi, também chamado de sarong (um tecido que é amarrado em volta da cintura) para mulheres e para os homens. Todavia, se você quiser andar precavido, coloque uma canga na bolsa/mochila. Ela servirá como lenço para cobrir os ombros e como saia longa para cobrir as pernas.

Outra dica bacana: você vai precisar tirar o sapato para entrar em TODOS os templos. Vá de chinelo que será bem mais prático. Obs.: não pode entrar nem de meias nos templos.

O que fazer em Yangon – Os longyi emprestados gratuitamente

Como se locomover em Yangon

Muitas atrações de Yangon podem ser visitadas a pé, especialmente se você tiver bastante disposição para caminhar. Ao contrário de Mandalay e Bagan motos são proibidas por aqui. Logo, alugar uma motoca não é uma opção a se considerar.

Quando não caminhamos nós usamos táxi e Grab. O Grab é um APP parecido com o Uber que funciona super bem no Myanmar e em diversos outros países do Sudeste Asiático.

Nossas corridas entre as atrações mais distantes custaram em média MMK 2.500,00, que equivalem a USD 1.60. É super barato!

Como chegar em Yangon

Nós chegamos até Yangon em um voo da Air Asia partindo de Denpasar, na Indonésia. Pagamos aproximadamente USD 100 pelo bilhete. E de Yangon pegamos um ônibus para nosso próximo destino, Mandalay.

Embora seja difícil de encontrar informações na internet, saiba que atualmente é possível viajar da Tailândia para o Myanmar por via terrestre. E foi exatamente isso que nossos amigos do blog Mundo Sem Fim fizeram. Clique aqui para ver o relato completo.

De Yangon nós seguimos de ônibus para Mandalay.

➡️ Veja nesse post como foi a viagem de ônibus de Yangon para Mandalay.

O que fazer em Yangon – Ônibus de Yangon para Mandalay

Melhor época para visitar Yangon

A melhor época para visitar Yangon é o período entre novembro e fevereiro, quando o clima está mais seco e ainda não tão quente. Os meses de março e abril trazem temperaturas mais elevadas.

Nós estivemos em Yangon em fevereiro e achamos o clima perfeito, com dias de sol e céu azul.

Lembre-se do Seguro Viagem!

O seguro viagem é indispensável em uma viagem para o Sudeste Asiático. Nossa sugestão é fazer uma boa busca através da Segurospromo, um site que compara preços e te apresenta uma série de opções de seguro, aí é só escolher a melhor opção para seu tipo de viagem. E utilizando nosso código CASALWANDERLUST5 você ainda ganha 5% de desconto na hora!

Esperamos que tenha gostado. Aproveite e veja também:

🌍 Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

Deixe uma resposta