Um casal em uma viagem de volta ao mundo!

O que fazer em Teerã – Roteiro de 1 ou 2 dias

Planejando uma viagem pelo Irã? Então certamente você passará por Teerã, a movimentada capital do país. Neste post você encontra o que fazer em Teerã em um roteiro que pode ser feito em 1 ou 2 dias, a depender do tempo que você tenha na cidade e da sua disposição de bater pernas pra lá e pra cá.

Além disso, por aqui você também encontra dicas super práticas de como se locomover pela cidade gastando bem pouco e como se hospedar de maneira igualmente econômica. Vamos lá?

o que fazer em teera
O que fazer em Teerã

O que fazer em Teerã

Começo este post dizendo que eu subestimei a cidade de Teerã, infelizmente. Orientada por leituras e pessoas que me disseram que a capital do Irã “não tinha nada demais para se fazer” nós acabamos deixando apenas 1 dia em nosso roteiro para explorá-la. Confesso que me arrependi.

Só para você ter uma ideia, Teerã tem 54 museus! A cidade vibra arte, é cheia de parques e atrações gratuitas que definitivamente fazem com que a visita seja válida.

Por isso veja abaixo todas as atrações que nós visitamos em um dia super bem aproveitado em Teerã, incluindo opções extras caso você tenha pelo menos mais um dia por lá.

O que fazer no Teerã
O que fazer no Teerã

Golestan Palace

O Golestan Palace é a atração mais colorida do Teerã, um dos cartões postais da cidade e de longe o lugar onde você gastará mais tempo neste dia. Por isso programe-se para ir até lá bem no início da manhã.

Patrimônio da UNESCO desde 2013, o palácio amuralhado é um dos grupos mais antigos de edifícios em Teerã. Tornou-se a sede do governo da família Qajar em 1779 quando esta chegou ao poder e transformou Teerã na capital do país.

O que fazer em Teerã
O que fazer em Teerã – Golestan Palace

Nós passamos quase duas horas por ali, já que o complexo inclui, além dos belos edifícios ornamentados com lindos azulejos coloridos, museus e salas abertas à visitação, algumas destas inclusive cobram valor à parte.

O que fazer em Teerã
O que fazer em Teerã – Golestan Palace

Como chegar: pedimos um Snapp do nosso hotel até lá. A corrida custou 300.000,00, pouco mais de USD 2.00.

Quanto custa: a entrada só para a área externa do palácio custa 115.000,00, USD 1.00. Mas caso você queira acessar o museu e o interior de algumas salas é cobrado um valor à parte.

Grand Bazaar

O Grand Bazaar de Teerã é meio bagunçado, já vou logo lhe avisando. Mas é que para falar a verdade nós estamos meio saturados destes mercados, especialmente porque nós nunca compramos nada..rs. Já passamos por mercados deste tipo no Marrocos, no Egito, na Turquia e em diversos outros países, por isso eu acho que para nós acabou virando uma atração “mais do mesmo”.

Mas ainda assim eu acho que vale a visita, pois é nestes mercados onde a gente experimenta o dia a dia das cidades, além de ser um ótimo lugar para comprar frutas secas e castanhas por preços maravilhosos!

O que fazer no Teerã
O que fazer no Teerã – Grand Bazaar

Como chegar: : fomos caminhando do Golestan Palace até lá.

Quanto custa: a entrada é gratuita

Antiga Embaixada Americana

Após a queda do Xá em 1979, a Embaixada dos Estados Unidos em Teerã foi invadida por estudantes e militantes radicais do novo governo teocrático do país, um momento de divisão entre o Irã e os Estados Unidos que se tornou um abismo que ainda hoje não foi superado.

Além disso, quem já assistiu ao filme Argo (vencedor do Oscar de melhor filme em 2013) conhece bem a história da Antiga Embaixada Americana no Teerã. Embora o famigerado filme tenha recebido diversas críticas com relação ao seu teor um tanto quanto “heroístico” demais, ele retrata o que ali teria se passado, quando 52 americanos acabaram ficando detidos por 444 dias, sendo que 6 conseguiram se esconder e fugir.

O que fazer em Teerã
Antiga Embaixada Americana no Teerã

Hoje o prédio que abrigava a embaixada americana possui uma série de painéis pintados nas paredes de seu exterior e em seu interior abriga um museu aberto à visitação.

Antiga Embaixada Americana no Teerã

Como chegar: : pedimos um Snapp do Grand Bazaar até lá.

Quanto custa: você só olha do lado de fora. Logo, não há cobrança.

Azadi Tower

Assim como a Praça Tahir, no Cairo, a Azadi Tower, no coração no Teerã, é um monumento que representa liberdade.

Entretanto, sinceramente falando, não sei a que tipo de liberdade o monumento faz jus, já que o governo teocrático do Irã controla até o que as mulheres vestem… 🤨

Contudo, a Torre Azadi é de fato muito bonita e fica bem no centro do Teerã, ou seja, você passará por ela diversas vezes. Mas se puder deixe para visitá-la mais no fim do dia, quando o sol dá a ela esse colorido especial:

Azadi Tower

Como chegar: : fomos até lá usando o metrô. Saímos da estação Taleghani e fomos até a estação Meydan-e Azadi.

Quanto custa: : você só olha do lado de fora. Logo, não há cobrança.

Lembre-se do seguro viagem!

Acima de tudo, saiba que o seguro viagem é obrigatório em uma viagem pelo Irã, já que muitas vezes o seguro é exigido na imigração.

Por isso nossa sugestão é fazer uma boa busca através da Segurospromo, um site que compara preços e te apresenta uma série de opções de seguro, aí é só escolher a melhor opção para seu tipo de viagem. Além disso, ao utilizar nosso código CASALWANDERLUST5 você ainda ganha 5% de desconto na hora! Por isso faça já sua cotação clicando aqui.

Fly Land Park

O Fly Land Park oferece uma vista bonita da cidade. Estivemos por lá em uma quinta-feira, que é como se fosse o sábado para eles, já que nos países islâmicos a sexta-feira é o dia oficial de descanso. Por isso tinha várias famílias por ali fazendo piquenique. Todos levam a comida preparada em casa (essa é a regra) e normalmente duas ou três famílias se reúnem para curtir o fim do dia.

Além disso, isso respondeu a uma dúvida besta que eu tinha. Porque o álcool é ilegal no Irã né minha gente!? Logo, não tem bar 🙄 Aí eu sempre me perguntava o que as pessoas faziam nos fins de semana. E a resposta tá aí: as famílias se reúnem para comer. 

O que fazer no Teerã
O que fazer no Teerã – Fly Land Park

Contudo, especialmente em cidades como o Teerã, existem festas underground, onde as pessoas se reúnem para dançar e para beber, longe dos olhos da polícia. Mas nós, velhos que somos, não participamos de nenhuma delas para contar aqui pra vocês…rs.

Como chegar: : nosso amigo do Teerã nos levou até lá. Mas você pode ir de táxi ou com o Snapp.

Quanto custa: : a entrada é gratuita.

Milad Tower

Bonitona e modernosa, assim é a Milad Tower, no Teerã. Com seus 435 metros de altura, é a torre mais alta do Irã e a sexta torre de telecomunicações mais alta do mundo.

A cabeça da Milad Tower é uma estrutura de aço que pesa cerca de 25.000 toneladas e é composta por 12 andares. Além disso, 6 elevadores são usados ​​para levar os visitantes até o topo, à uma velocidade absurdamente rápida.

Nos andares superiores você encontra: um deck de observação da cidade, cafeteria, galeria de arte pública, um restaurante giratório (de praxe nesse tipo de construção, né?), antenas de telecomunicações e um restaurante VIP… Ufa, quanta coisa!

Fonte: https://www.irandiamondtour.com

Fumar Narguilé e Beber Chá

Fumar Narguilé e Beber Chá (já que a cerveja é proibida) eram nossas atividades preferidas no Irã.

O Narguilé, que por aqui é chamado de Hookah, pode ser encontrado em diversos cafés e restaurantes espalhados por todas as cidades do Irã. No verão os espaços abertos se enchem de gente fumando hookah e bebendo chá, ambos de diversos sabores, para todos os gostos da freguesia.

Nosso amigo do Terrã, o Hamed, nos levou para dois lugares diferentes e nós gostamos muito de termos podido ver como são as noites na cidade, já que normalmente nós não temos hábitos noturnos quando viajamos, porque somos deveras preguiçosos…hahaha.

Tabiat Bridge – Natural Bridge

Terminamos nosso dia no Teerã caminhando pela Tabiat Bridge, que também é chamada de Natural Bridge. Mas o detalhe mais interessante e bacana desta ponte é que ela foi projetada por uma jovem de apenas 25 anos de idade.

A Ponte é a maior passagem para pedestres de Teerã. E seus 270 metros conectam dois parques públicos – o Taleghani Park e o Abo-Atash Park.

Além disso, caminhando por ali ainda você ainda terá a oportunidade de visitar o planetário da cidade, uma fonte com show de luzes e música e presenciar um vai e vem super animado de pessoas locais. Para nós foi uma ótima despedida da cidade!

Tabiat Bridge – Natural Bridge

Como se locomover em Teerã

Em Teerã nós usamos e abusamos do metrô. As corridas custavam em média IRR 1.500,00, que equivale a míseros USD 0.10. Os vagões são parecidos com os do metrô de São Paulo, tem ar condicionado e é super fácil de usar, já que você também encontra os nomes das estações em inglês e, via de regra, tem sempre alguém nos guichês que se vira no inglês para te ajudar.

Entretanto o Snapp (uma espécie de Uber do Irã) foi de fato o meio de transporte que mais nos ajudou em nossa passagem por Teerã, especialmente porque tínhamos pouco tempo e queríamos aproveitar a cidade ao máximo.

Contudo o APP do Snapp só está disponível para o sistema Android, você não encontra o APP na Apple Store. Mas tem um jeitinho de baixar o aplicativo no seu iPhone também, óia que beleza!!! Basta clicar aqui para ver o passo-a-passo.

Melhor época para visitar Teerã

Se você puder planejar, programe-se para visitar o Irã entre os meses de março e abril, quando as temperaturas são amenas e os dias são bonitos.

Contudo nem sempre é possível programar a viagem de acordo com o clima no país que a gente quer visitar, né gente? Por isso nós acabamos indo parar no Irã no pior mês possível, em agosto, em pleno verão.

Nossos dias foram um pouco sofridos, mas conseguimos aproveitar bastante mesmo assim. Por isso se você também acabar visitando o Irã no verão, as principais dicas que eu poderia te dar são estas:

Acorde cedo, aproveite para conhecer as atrações pela manhã. Se possível fique na rua até as 12h ou 13h e volte para o conforto do ar condicionado em seu hotel. Ai, após às 16h, você sai para passear de novo e aproveita até tarde da noite, se quiser.

Isso porque no verão as lojas e até os cafés fecham durante a tarde (quem aguenta o calorão!?), reabrem por volta das 17h e vão até tarde da noite. Por isso as famílias iranianas aproveitam as noites mais frescas para fazer piqueniques nos parques e aproveitar até tardão da noite. 

Além disso, você pode se programar para visitar os mercados e museus durante o período mais quente do dia, já que o ar condicionado dos museus e o frescor dos mercados ajudam demaaaais da conta.

Onde se hospedar em Teerã

Veja neste outro post informações práticas de onde se hospedar em Teerã e em outras cidades do Irã. Basta clicar no link abaixo:

➡️ Informações práticas para sua viagem pelo Irã, clique para ver mais.

Como ir de Teerã para Esfahan, de ônibus 

De Teerã nós pegamos um ônibus para Esfahan. Pagamos IRR 480.000,00 (USD 4.00) por pessoa. 

Além disso, tem ônibus saindo do Teerã para Esfahan de diversos terminais rodoviários da cidade, mas nós fomos até o Terminal Beyhaghi e pegamos o ônibus lá. Compramos a passagem na hora e não tivemos nenhum problema. Entretanto é possível consultar os horários e preços neste site..

O ônibus era super confortável, com poltronas reclináveis, sistema de entretenimento e até lanchinho. Nós adoramos!

As estradas são ótimas e a viagem foi super tranquila. Saímos de Teerã às 13h e chegamos em Esfahan às 19h.

Chegando na rodoviária de Esfahan, a Kaveh Bus Station, nós pegamos o metrô até o centro da cidade. A estação de metrô homônima fica ali do ladinho do terminal rodoviário. Além disso o metrô de Esfahan é novinho, limpo, organizado e funciona super bem.

Espero que este post possa lhe ajudar a planejar sua viagem pelo Irã. Aproveite e veja também:

Deixe uma resposta