O que fazer em Luang Prabang – Roteiro de 2 dias

Veja neste post O que fazer em Luang Prabang, a cidade mais turística do Laos. Aqui você encontra todas as atrações que nós visitamos nestes 2 dias que passamos na cidade, incluindo valores e como chegar em cada atração de maneira econômica.

O que fazer em Luang Prabang – Kuang Si Waterfall 

Nós gostamos de Luang Prabang logo de cara. Já tínhamos ouvido falar maravilhas do Laos: do povo, da comida e do ar mais tranquilo que o país ainda preserva. Por isso, como estávamos ali pertinho, na Tailândia, tratamos logo de atravessar a fronteira terrestre entre os dois países para explorar esse cantinho tão bacana do sudeste asiático.

Onde se hospedar em Luang Prabang

Nós nos hospedamos no Memory Hotel & Villa. Pagamos USD 20 por dia em um quarto duplo com ar condicionado, banheiro privativo e café da manhã. Além disso, o hotel era super bem localizado, oferecia gratuitamente bicicletas aos hóspedes e ainda nos deixou fazer o check-in às 6h da manhã sem custo adicional.

Mas caso queira ver outras opções de hotéis, veja a seleção que nós preparamos para você, basta clicar aqui. Lembrando que ao utilizar o Booking.com você pode efetuar suas reservas em reais (R$) fugindo assim do IOF.

O que fazer em Luang Prabang

Luang Prabang tem templos, restaurantes, bares, feiras e diversas atrações para todos os gostos. Mas a principal atração da cidade definitivamente é a famosa Cachoeira Kuang Si, uma das coisas mais lindas que meus olhos já viram na vida!

Por isso nós exploramos as atrações da cidade no primeiro dia e deixamos a cereja do bolo para o segundo dia. Porque depois de ver a cachoeira tudo parecerá mais sem graça…rs. Vai por mim!

Kuang Si Waterfall

A cachoeira com piscinas de água que mesclam tons de azul turquesa e verde esmeralda é uma das coisas mais lindas que eu já vi! Mas o que mais me chamou atenção foi perceber o quanto o local ainda está preservado, apesar do grande fluxo de visitantes que passa por ali todos os dias.

Por isso, imagino que para a própria preservação da cachoeira, não é possível entrar em todas as piscinas. Mas não desanime, porque existem boas opções onde o acesso é permitido e você poderá se refrescar nas correntes de água gelaaaada. Sim, com essa entonação mesmo: gelaaaaada…rs.

O que fazer em Luang Prabang – Kuang Si Waterfall
O que fazer em Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Kuang Si Waterfall

Além disso, sabe aquele lugar que faz jus às fotos? É esse lugar aqui. Porque a combinação da água azul meio esverdeada com o calcário que forma as piscinas nos seus arredores formam um cenário de fazer cair o queixo de qualquer um.

Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Kuang Si Waterfall

Dá para tomar banho na Kuang Si Waterfall?

Existem 3 partes onde é possível tomar banho. Mas a queda mais bonita, e a mais fotogênica, é a última, que fica no fim da trilha, onde não é permitido entrar, só tirar lindas fotos.

Além disso, para chegar lá em cima você pode ir beirando a cachoeira ou subir pela parte asfaltada e ir descendo beirando a correnteza e parando para tomar banho nos pontos de livre acesso. Nós fizemos assim.

Entretanto, é importante que você saiba que a água é bem gelada de fato. Mas como faz bastante calor, certamente você vai querer se jogar, mesmo passando frio depois do impulso…rs.

O que fazer em Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Kuang Si Waterfall

Quanto custa: a entrada para a Kouang Si Waterfall custa LAK 20.000,00 por pessoa, ou USD 2.30.

Como chegar: a Kuang Si Waterfall fica a 30km de Luang Prabang. Nós optamos por ir até lá com um tour, especialmente porque a estrada é meio esburacada e nós ficamos receosos de ir com uma moto alugada. Vai quê!? Né? 😬

Como são os tours: os tours de ida e volta para a cachoeira são vendidos em praticamente todos os hotéis e agências de Luang Prabang. Nós compramos o nosso no Vongprachan Backpackers Hostel. Pagamos LAK 35.000,00, ou USD 4 por pessoa. O trajeto até a cachoeira dura em torno de 30/40 minutos.

Wat Visounnarath

Eu falei primeiro da cachoeira porque foi a atração de Luang Prabang que mais me encantou. Mas na verdade no primeiro dia na cidade nós exploramos os templos da região central.

O primeiro templo onde paramos foi o Visounnarath, construído em 1513 e reconstruído entre os anos de 1896 e 1898, um dos templos mais antigos de Luang Prabang. A estupa que podemos ver na foto abaixo é conhecida como “estupa melancia”, por conta de seu formato arredondado no topo. É a única estupa em todo o país que tem esse formato.

O que fazer em Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Wat Visounnarath

Quanto custa: a entrada para o templo custa LAK 20.000,00 por pessoa, ou seja, USD 2.30.

Como chegar: nós fomos até lá de bicicleta. Mas a depender de onde você estiver hospedado é possível ir caminhando.

Wat Aham Outama Thany

Ali do ladinho fica o Wat Aham Outana Thany, um templo pequeno mas com pinturas interessantes em seu interior. Bastante fácil de identificar pelas duas imponentes estátuas que ficam bem na entrada.

O que fazer em Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Wat Aham Outama Thany

Durante o século XIX o templo serviu como residência do Sangkhat, o patriarca do budismo no Laos. Além disso, também já foi considerado um centro de culto associado aos espíritos guardiões, cujas máscaras permanecem por ali e são usadas durante cerimônias importantes, especialmente durante a comemoração do Ano Novo do Laos.

Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Wat Aham Outama Thany

Quanto custa: a entrada para o templo é gratuita.

Como chegar: nós fomos até lá de bicicleta. Mas a depender de onde você estiver hospedado é possível ir caminhando.

Bamboo Bridge

Seguimos pedalando pela margem do rio e paramos para tomar um sorvete ali pertinho da Bamboo Bridge. Uma enorme ponte de bambu que guarda um fato super curioso: ela é reconstruída a cada 6 meses pelos moradores. E então, depois de tudo pronto, o rio se enche de água na época da cheia e a ponte é totalmente arrastada pela correnteza. Então os moradores voltam a construí-la do zero, quando chega novamente a época da seca.

Resiliência que chama!? 😍 Ou perseverança, né? Para lutar contra aquilo que podemos e aprender a contornar as coisas sobre as quais nós não temos o menor controle.

O que fazer em Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Bamboo Bridge

Quanto custa: se você quiser atravessar a ponte de um lado para o outro é preciso pagar LAK 5.000,00 por pessoa, USD 0.60.

Como chegar: nós fomos até lá de bicicleta. Mas a depender de onde você estiver hospedado é possível ir caminhando.

Wat Sene Souk Haram

Quando chegamos no Templo Sene Souk Haram ele já estava fechado. Ficamos apenas com essa foto do lado de fora.

Este templo também é conhecido como o templo dos 100.000 tesouros. Já que ele teria sido construído em 1718 com 100.000 pedras retiradas do Rio Mekong, um dos maiores e mais importantes rios da Ásia.

O que fazer em Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Wat Sene Souk Haram

Quanto custa: a entrada para o templo é gratuita.

Como chegar: nós fomos até lá de bicicleta. Mas a depender de onde você estiver hospedado é possível ir caminhando.

Encontro dos rios Mekong e Nam Kham

Depois paramos no mirante de onde é possível ver o encontro dos rios Mekong e Nam Kham. A diferença de tonalidade das águas dos rios não é tão contrastante quanto do Rio Negro e Solimões, mas ainda assim é possível ver a divisão, olha:

Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Encontro dos rios Mekong e Nam Kham

Quanto custa: a observação do mirante é gratuita.

Como chegar: nós fomos até lá de bicicleta. Mas a depender de onde você estiver hospedado é possível ir caminhando.

Wat Pak Khan

Partindo do encontro dos rios nós paramos no Wat Pak Khan. O pequeno templo também é a casa de jovens monges. Então é bastante comum ver vários deles por ali.

O que fazer em Luang Prabang
O que fazer em Luang Prabang – Wat Pak Khan

Quanto custa: a entrada para o templo é gratuita.

Como chegar: nós fomos até lá de bicicleta. Mas a depender de onde você estiver hospedado é possível ir caminhando.

Wat Xieng Thong – Gold City Temple

Este templo construído em 1560 (sempre penso que nessa época os portugueses tinham “acabado” de chegar no Brasil) é também um dos monastérios mais importantes de Luang Prabang.

Na minha opinião é um dos templos mais bonitos e mais representativos da cidade. Além disso, dentro de um dos prédios é possível ver uma carruagem fúnebre, cuja última realização foi carregar pelas ruas de Luang Prabang os restos mortais dos últimos reis do Laos. Imagine a importância histórica desse lugar? Se quiser ver uma matéria completa sobre este templo basta clicar aqui.

O que fazer em Luang Prabang
Wat Xieng Thong
Luang Prabang
Wat Xieng Thong

Quanto custa: a entrada para o templo custa LAK 20.000,00 por pessoa, ou seja, USD 2.30.

Como chegar: nós fomos até lá de bicicleta. Mas a depender de onde você estiver hospedado é possível ir caminhando.

O que fazer em Luang Prabang – Night Market

Demos uma passada rápida pelo Night Market. Foi bem rapidinho porque não íamos comprar nada e nem comer por lá. Mas é um bom lugar para comprar lembrancinhas e até comidinhas de rua (frutas, sucos, doces e sanduíches em baguetes). Já falei que adoro um pão? Adooooro! Me esbaldei no Laos!

Nosso foco na região era a rua que fica próxima ao Night Market, onde é possível comer bem pagando precinhos bem camaradas! Veja mais abaixo as fotos e os valores que pagamos por um pratão de macarrão com legumes. 😋

Vatmay Souvannapoumaram

Já cansou de templos? Então imagina a gente que tá desse lado do mundo já tem um ano…rs. Com todo o respeito que nos é devido, mas chega uma hora que você precisará escolher quais templos vai visitar, porque são inúmeros e depois de um tempo tudo parece meio igual. Por isso nós optamos por não entrar neste último, ficamos apenas com esta foto do lado de fora.

O que fazer em Luang Prabang
Vatmay Souvannapoumaram

Quanto custa: a entrada para o templo custa LAK 10.000,00 por pessoa, ou seja, USD 1.15.

Como chegar: nós fomos até lá de bicicleta. Mas a depender de onde você estiver hospedado é possível ir caminhando.

Lembre-se do Seguro Viagem!

O seguro viagem é indispensável em uma viagem para o Laos. Por isso nossa sugestão é fazer uma boa busca através da Segurospromo, um site que compara preços e te apresenta uma série de opções de seguro. Aí é só escolher a melhor opção para seu tipo de viagem.

E não é caro, gente! Tem seguro por valores irrisórios, menos de R$ 80,00 para uma viagem de 10 dias. Clique AQUI para obter sua cotação com DESCONTO. Ou clique no link abaixo ⤵️

Além disso, ao utilizar nosso código CASALWANDERLUST5 você ainda ganha 5% de desconto na hora! Faça já sua cotação clicando aqui ou no link abaixo:

Onde comer em Luang Prabang

Em Luang Prabang você encontra opções de restaurantes para todos os gostos e também para todos os bolsos. Adoro! Porque tem desde pizzas, sanduíches, comida indiana e até refinados pratos da culinária local. Por isso vamos mencionar 3 lugares que nós provamos e indicamos:

  • Baratinho – se quiser comer bem gastando bem pouco você pode ir até uma rua paralela ao Night Market. Por ali você encontra um buffet vegetariano que inclui vegetais variados, saladas, noodles e arroz por LAK 15.000,00 o prato, USD 1.70. Não é comida à vontade mas você pode encher a cumbuca até o limite. Por esse precinho!? Dá até pra repetir se quiser, né?
  • Comida local – no restaurante Tamarind você poderá provar a comida local do Laos. É uma opção mais glamourosa do que a anterior, mas nem por isso é um absurdo de caro. Por LAK 120.000,00, que equivale a USD 14.00, você pode pedir um prato para duas pessoas com direito até a sobremesa.
  • Badalação – mas se você procura um lugar mais badalado e cheio de jovens, uma opção interessante (e famosa) é o Utopia – a pizza de lá é super boa e o lugar também é ótimo para ver o pôr do sol.
Luang Prabang
Buffet vegetariano por USD 1.70

Como se locomover em Luang Prabang

Nós visitamos os principais templos de Luang Prabang com a bicicleta oferecida pelo nosso hotel. Mas também é possível alugar uma moto ou contratar um tour e, a depender de onde você estiver hospedado, também dá para conhecer os principais templos da cidade caminhando.

Melhor época para visitar Luang Prabang

A melhor época para visitar Luang Prabang é entre os meses de novembro e fevereiro, época seca e sem chuvas.

Temperaturas médias em Luang Prabang

Como ir de Luang Prabang até Vang Vieng ou Vientiane

De Luang Prabang para Vang Vieng nós compramos um bilhete para um micro-ônibus (maior e com mais espaço para a bagagem do que uma minivan). Pagamos LAK 130.000,00 pelo bilhete, que equivale a USD 15. Mas no fim das contas o transporte que apareceu para nos pegar no hotel foi uma minivan. E o detalhe é que a passagem para a minivan custava LAK 110.000,00, ou seja, USD 12.50. Por fim, depois de ter que ligar para a agência que nos vendeu, recebemos a diferença do valor pago.

Por isso fique atento na hora de comprar o seu bilhete. Ou compre logo um bilhete para as minivans, porque desta maneira você não corre o risco de ser enganado.

Além disso, saiba que tem minivan saindo de Luang Prabang para Vang Vieng e para Vientiane em diversos horários do dia e o valor é quase sempre o mesmo para comprar em agências, hotéis ou na própria rodoviária, tivemos a impressão que o preço é tabelado.

Aproveite e veja também

Sobre a Tailândia

🌍 Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

4 Comentários

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram access token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.