O que fazer em Chiang Rai – Roteiro de 1 dia

Procurando o que fazer em Chiang Rai? Então veja neste post todas as atrações que visitamos em nosso roteiro de 1 dia nesta charmosa cidade no norte da Tailândia.

Mas antes de mais nada já quero te contar que é possível ir de Chiang Rai até o Myanmar, caso você também esteja interessado em visitar o país. Por isso clique aqui para ver como nós fizemos para ir da Tailândia até o Myanmar de ônibus e gastando bem pouco. Eu sei, eu sou super legal 😆

O que fazer em Chiang Rai – O Templo Branco

Onde se hospedar em Chiang Rai

Nós nos hospedamos no Baan Nukanong Guesthouse, pagamos USD 10 por dia em um quarto duplo com ar condicionado, banheiro privativo e café da manhã incluído na diária.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Baan Nukanong Guesthouse

Mas caso queira ver outras opções de hotéis em Chiang Rai, veja a seleção que nós preparamos para você, basta clicar aqui. Lembrando que ao utilizar o Booking.com você pode efetuar suas reservas em reais (R$) fugindo assim do IOF.

O que fazer em Chiang Rai

Chiang Rai é uma cidade mais tranquila, especialmente quando a compararmos com sua vizinha de nome parecido, Chiang Mai. A vida noturna não ferve tanto por aqui quanto ferve por lá, e foi por isso mesmo que nós gostamos. Porque nós estamos ficando velhos minha gente… triste e real constatação…rs.

As principais atrações de Chiang Rai são os exóticos (e diferentões) Templos Branco e Templo Azul. Por isso vamos começar o post falando justamente sobre eles.

White Temple – o Templo Branco

Eu tinha vontade de conhecer o Templo Branco de Chiang Rai desde uma matéria que assisti no Fantástico em 1900 e guaraná com rolha….hahaha. É sério! Porque o Templo é mega exótico e nada lembra os templos budistas tradicionais que nós já havíamos visitado no Myanmar, na Malásia e em Singapura, por exemplo.

Entretanto, eu sempre achei que o templo fosse um lugar bizarro (e digo isso com todo respeito). Não que não seja. Mas o fato é que o renomado artista tailandês responsável pela obra, Chalermchai Kositpipat, usou toda sua excentricidade para retratar temas do Budismo, tais como os mundos superiores, inferiores, os karmas e etc. Por isso ele trouxe elementos não convencionais para a arquitetura deste templo, usando a cor branca ao invés do tradicional dourado, por exemplo. Eu achei incrível!

O White Temple e esse gato que eu tava pegando na viagem…rs

Além disso, logo na entrada do templo o que mais me chamou atenção foram essas mãos saindo do chão. As mãos simbolizam os nossos desejos e aqui elas compõem uma representação de todas as pessoas que estão no inferno, ou nos chamados mundos inferiores, de acordo com a crença budista. Ademais, tem até a mão do Wolverine lá no meio, olha:

O que fazer em Chiang Rai – As mãos na entrada do Templo Branco

Detalhes do exterior do Templo Branco

Cada detalhe do templo traz uma simbologia. Não é só a maluquice do idealizador, como eu erroneamente cheguei a pensar. Porque cada detalhe foi ali colocado para encorajar o visitante, ou seja, nós todos, a refletir sobre os ensinamentos budistas. Da mesma forma, para nos lembrar da impermanência das coisas e de como lutamos em vão pelas questões materiais esquecendo-nos de que daqui nada levaremos. Porque daqui a alguns anos nós seremos como o amiguinho aí abaixo, só um saco de ossos:

O que fazer em Chiang Rai – Detalhes

O interior do Templo Branco

No interior do White Temple a excentricidade do artista continua. Ele usa personagens atuais para retratar cenas de batalhas entre o bem e o mal. Por isso você encontrará nas pinturas da parede no interior do templo personagens como Pikachu, o Neo do filme Matrix, Michael Jackson, Darth Vader, Kung Fu Panda e muitos outros. Entretanto, fotos são proibidas. 😞

Mas o complexo ainda conta com um museu que exibe outras obras do artista, e logo na chegada tem uma série de lojinhas vendendo artesanato, roupas e comida.

O que fazer em Chiang Rai – O White Temple

Quanto custa: a entrada para o White Temple custa THB 50,00, que equivale a USD 1.60. O horário de funcionamento é das 6h30m às 18h.

Como chegar: tem ônibus para o White Temple saindo da estação central de ônibus de Chiang Rai a cada 30 minutos praticamente. O valor do bilhete é de THB 20,00 por pessoa. São 13 km até o templo em uma viagem de 20 minutos.

Como se vestir – e isso já vale para os demais templos do post: assim como em todos os templos da Tailândia, no White Temple não é permitido entrar de shorts (no caso das mulheres de nenhum comprimento, mas homens podem usar bermuda até o joelho), regatas e decotes também não pode. Mas se você for pego desprevenido, não se preocupe, já que do lado de fora tem lojas que alugam uma espécie de saia longa por THB 20,00.

Blue Temple – o Templo Azul

O Templo Azul foi construído por um aluno do artista responsável pelo Templo Branco. Mas ele é mais recente, de 2005, e foi construído sobre as ruínas de um templo antigo da região com a intenção de também ser um centro de meditação e de ensino do budismo.

Além disso, o templo é predominantemente pintado de azul, cor associada à sabedoria, à pureza, à cura, à simplicidade e ao desapego da vida mundana. Porque você já reparou que a Virgem Maria muitas vezes é retratada vestindo azul? Assim como o deus hindu Vishnu em sua encarnação de pele azul, Krishna. Ou seja, assim como o Templo Branco, o Templo Azul também traz muita simbologia.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Blue Temple

Por aqui é permitido tirar fotos no interior do templo. Mas é a enorme imagem de Buda de cor branca que logo chama atenção daqueles que adentram o local, assim como as pinturas fiéis ao estilo do artista Chalermchai Kositpipat.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Interior do Templo Azul
O que fazer em Chiang Rai – Interior do Templo Azul

Quanto custa: a entrada para o Blue Temple é gratuita. O horário de funcionamento é das 6h30m às 18h.

Como chegar: fomos caminhando até lá depois que voltamos do White Temple. Na volta pegamos um tuk-tuk porque fazia um sol de rachar.

Wat Klang Wiang

Vou te contar um segredo…rs. Depois de visitar o Templo Branco e o Templo Azul todos os demais templos de Chiang Rai podem lhe parecer meio sem graça e todos muito iguais. Mais do mesmo, sabe como é?

Por isso nós visitamos os templos principais no começo do dia e depois fomos passeando pela cidade e parando nas atrações que nos chamavam atenção pelo caminho.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Wat Klang Wiang

Quanto custa: a entrada para o templo é gratuita. O horário de funcionamento é das 7h às 18h. Fomos caminhando até lá.

O que fazer em Chiang Rai – Wat Chet Yot

O Wat Chet Yot é a cópia de um templo de mesmo nome que fica em Chiang Mai.

Estou sendo bem sucinta nas descrições dos templos porque é o que eu disse mais acima, gente: depois do White e do Blue Temple tudo meio que perde a graça. Mas ainda assim nós passamos por vários outros templos pelo caminho.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Wat Chet Yot

Quanto custa: a entrada para o templo é gratuita. O horário de funcionamento é das 7h às 18h. Fomos caminhando até lá.

Wat Ming Muang

Aqui mais uma foto do interior de um dos templos que visitamos, o Wat Ming Muang.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Wat Ming Muang

Quanto custa: a entrada para o templo é gratuita. O horário de funcionamento é das 8h às 16h. Fomos caminhando até lá.

Wat Mung Muang

Chegamos tarde no Wat Mung Muang e ele já estava fechado. Por isso ficamos apenas com essa foto da estátua simpática de Buda que fica do lado de fora.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Wat Mung Muang

Quanto custa: a entrada para o templo é gratuita. O horário de funcionamento é das 8h às 16h. Fomos caminhando até lá.

O que fazer em Chiang Rai – Old Clock Tower

Existem dois relógios imponentes em Chiang Rai e o Old Clock Tower fica na parte mais antiga da cidade.

O relógio em si não tem nada demais. Mas eu o estou mencionando aqui no post porque nos arredores dele acontece uma feirinha após às 18h onde é possível encontrar comida por ótimos preços.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Old Clock Tower

Quanto custa: o relógio fica na rua. Logo, a entrada é gratuita. Fomos caminhando até lá.

Gold Clock Tower

Este sim é mais bonitão. Mas também pudera, já que o Gold Clock Tower foi projetado pelo mesmo artista que projetou o Templo Branco.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Gold Clock Tower

Quanto custa: o relógio fica na rua. Logo, a entrada é gratuita. Fomos caminhando até lá.

Chiang Rai Night Bazaar

Ai gente, como nós AMAMOS esses mercados noturnos! Tudo bem que algumas vezes eles são muito voltados para o turismo e isso faz com que os preços sejam mais altos. Mas tem mercados que valem a visita e o Chiang Rai Night Bazaar é um desses, nós saímos de lá rolando, de tanto comer…rs.

A foto da entrada do Night Bazaar ficou horrorosa, mas valeu a intenção, né? Mas você encontra a localização exata do mercado no Google Maps ou no Maps.Me, e eu deixei o endereço certinho mais abaixo.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Night bazaar

Quanto custa: a entrada é gratuita. Fomos caminhando até lá.

Endereço: Wiang, Mueang Chiang Rai District. Das 18h às 23h.

Cat ‘n’ A Cup – o Café dos Gatinhos

O Cat ‘n’ A Cup é um café de Chiang Rai onde você encontra um monte de gateeeeenhos 😻 E se você, assim como eu, ama os bichanos, não deixe de ir. Uma vez que os gatinhos moram no café, eles ficam por lá, desfilando toda a sua elegância e, como sempre, sem dar a menor bola para nós – humanos bobos que ficam babando por eles mesmo assim. 

Mas você precisa consumir algo para entrar na parte onde ficam os peludos, e as bebidas custam em média THB 80,00, que equivalem a USD 2.50. Mas é possível interagir com os gatinhos, fazer carinho e até escovar o pelo deles.

O que fazer em Chiang Rai
O que fazer em Chiang Rai – Cat ‘n’ A Cup

Quanto custa: paga só o que consumir. Fomos caminhando até lá.

Lembre-se do Seguro Viagem!

O seguro viagem é indispensável em uma viagem para a Tailândia. Por isso nossa sugestão é fazer uma boa busca através da Segurospromo, um site que compara preços e te apresenta uma série de opções de seguro. Aí é só escolher a melhor opção para seu tipo de viagem.

E não é caro, gente! Tem seguro por valores irrisórios, menos de R$ 80,00 para uma viagem de 10 dias. Clique AQUI para obter sua cotação com DESCONTO. Ou clique no link abaixo ⤵️

Além disso, ao utilizar nosso código CASALWANDERLUST5 você ainda ganha 5% de desconto na hora – Faça já sua cotação clicando aqui ou no link abaixo:

Onde comer em Chiang Rai

A noite nós optamos pelo Night Bazaar e pelo mercado perto da praça do Old Clock Tower. Mas no almoço nós escolhemos um restaurante de uma família chinesa que fica do lado de uma loja de celulares da Oppo, bem em frente à estação rodoviária central de Chiang Rai, o que é uma ótima pedida para quem está chegando ou saindo da cidade de ônibus. Por isso, se bater aquela fome enquanto você estiver por ali, corra pra lá. Contudo,, eles não falam muito bem inglês. Mas neste caso uma boa mímica sempre ajuda.

O que fazer em Chiang Rai – O restaurante fica bem aqui, olha!

Como ir para Chiang Rai

Nós compramos um bilhete de ônibus de Chiang Mai para Chiang Rai pela internet através da empresa Green Bus. Pagamos THB 130,00 por pessoa, que equivale a USD 4.

Além disso, saiba que a viagem de ônibus de Chiang Mai para Chiang Rai durou cerca de 3h30m e que o ônibus era bastante confortável.

Gostou? Aproveite e veja também:

Sobre o Myanmar

Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:  https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

Deixe um comentário

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram access token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.