Casal Wanderlust

O que fazer em Cape Town, na África do Sul

Sabe aquela cidade pela qual você se apaixona e não quer ir embora nunca mais? Cape Town é assim! São inúmeras atrações que agradam os mais diferentes perfis de viajantes. Tem belezas naturais, praias, história, cultura, museus, cervejarias, vinícolas e comida barata, incluindo a Cape Malay Cuisine, que é super tradicional!

Depois de passarmos dois meses na cidade nós resolvemos escrever esse post para listar todas as atrações que nós visitamos. E se você estiver planejando uma viagem para a África do Sul, veja aqui algumas opções do que fazer em Cape Town.

Fazer a Trilha da Lion’s Head

Foi do alto da Lion’s Head que nós vimos, o que foi para nós, o pôr do sol mais bonito de Cape Town. E é também da Wally’s Cave (essa da foto abaixo), que se tem uma vista privilegiada da Table Mountain.

Nós fizemos um post caprichado sobre a trilha para chegar no topo da Lion’s Head incluindo instruções específicas sobre como encontrar a Wally’s Cave. Clique aqui para ver mais.

A Wally’s Cave, na Lion’s Head, e a vista para a Table Mountain

Subir a Table Mountain

A Table Mountain, ou Montanha da Mesa em português, é definitivamente o maior cartão postal da cidade.

É possível subir até o alto da montanha de bondinho, que eles chamam de cableway. Mas nós subimos a Table Mountain pela trilha mais fácil, que é também a mais longa, a Platteklip Gorge. Foram quase três horas de caminhada até o topo. E nós contamos como foi a experiência, através de fotos e vídeos, aqui nesse post.

Vista do alto da Table Mountain

Passear pelo Waterfront

O Victoria & Alfred Waterfront, ou simplesmente V&A Waterfront, é um parque de diversões, literalmente, já que agora tem até roda gigante por lá. Um aglomerado de lojas, restaurantes, e o local de onde saem passeios de barco e até de helicóptero, para os mais afortunados.

Mesmo se você não gostar desses shoppings imensos, que é o nosso caso, só pelas paisagens nos arredores do V&A já vale a visitação. O local é super bonito. Especialmente ao entardecer. Veja só:

Victoria & Alfred Waterfront

Visitar o Cape of Good Hope

Isso pode parecer confuso, mas dentro do parque existem duas atrações, dois cabos: o Cabo da Boa Esperança (Cape of Good Hope) e o Cape Point. E muitas pessoas pensam, erroneamente, que trata-se apenas dessa placa bacana aí da foto abaixo indicando o ponto mais a sudoeste do continente africano. Mas não é só isso não!

O Cabo da Boa Esperança fica dentro de uma área enorme e por lá é possível ver animais selvagens, se hospedar, admirar a bela paisagem, nadar em piscinas naturais (se você aguentar as baixas temperaturas da água) e dá até para fazer um churrasco. E foi exatamente isso que nós fizemos. E nós contamos tudinho nesse outro post, basta clicar aqui.

Cabo da Boa Esperança

Se Encantar pelo Kirstenbosch

Kirstenbosch é o jardim botânico de Cape Town e fica a 13 km do centro da cidade. São mais de 7.000 espécies de plantas, incluindo algumas ameaçadas de extinção.

“Ahhh, mas eu não entendo nada de plantas!”. Nem a gente! Mas só a vista para a Table Mountain e a vibe do lugar já farão sua visita valer a pena.

Kirstenbosch

Ver os Pinguins da Boulders Beach

Os habitantes mais fofos de Cape Town moram na Boulders Beach. E a Boulders Beach é um dos únicos lugares no mundo onde você terá a oportunidade de nadar com eles! Imagine que legal!? Nós estivemos por lá no inverno e não deu coragem de entrar na água 😒

Quanta fofura!

Caminhar pelo Company’s Garden

Quando chegamos em Cape Town um amigo sul-africano nos disse que o Company’s Garden era o Central Park daqui. Claro que, resguardadas as devidas proporções, nós quase concordamos com tal afirmação.

Criado em 1652 o parque fica bem no coração da cidade e oferece uma ótima área para descansar, ler um livro, fazer um piquenique, ou somente passear por ali, curtindo a natureza.

Visitar a Robben Island

Para quem gosta de história esse definitivamente é um passeio imperdível. Foi na Robben Island que Nelson Madela passou 18 dos 27 anos em que esteve preso. Essa famosa prisão de segurança máxima onde prisioneiros políticos eram mantidos durante o regime do Apartheid se tornou museu em 1997 e Patrimônio Mundial da Humanidade em 1999.

O passeio parte em um catamarã do V&A. Os bilhetes custam ZAR 340,00 ou USD 26,00 e são super concorridos. Reserve com uma ou duas semana de antecedência, especialmente de Novembro a Fevereiro, que são os meses de alta temporada na cidade.

Robben Island

Assistir ao pôr do sol no Milnerton Lighthouse

No Milnerton Lighthouse, além de poder admirar o farol de 21 metros que existe por lá, você encontrará a praia perfeita para assistir esse maravilhoso pôr do sol em Cape Town.

E se você der sorte e o tempo virar (sim, isso é uma sorte tremenda) o céu ficará assim:

Pôr do sol em Milnerton Beach

Ou em Camps Bay

Foi na praia de Camps Bay, uma das mais famosas da cidade, que registramos mais esse coloridíssimo pôr do sol em Cape Town.

Parece até cena de filme, não parece? ❤️

Sol se pondo em Camps Bay

Na Bloubergstrand também

Outra praia famosa de Cape Town para você assistir ao pôr do sol. É daqui que boa parte das fotos dos cartões postais com a Table Montain são tiradas.

O cenário é mesmo lindo, com o sol se pondo de um lado e a montanha do outro.

 

Sol se pondo em Bloubergstrand

Visitar a Colorida Praia de Muizenberg

Muizenberg possui 20 km de praia, que vão desde False Bay até Strand. Mas o bacana mesmo é o contraste do marzão azul de fundo com as essas casinhas coloridas.

Em um primeiro momento nós achamos que as casinhas eram uma espécie de hospedaria, mas ao chegarmos mais perto percebemos que na verdade são pequenos quartinhos, onde os banhistas podem trocar de roupa e guardar seus pertences. E nós fomos até lá de trem. Veja aqui como foi essa aventura.

Se Deliciar no Old Biscuit Mil

Um dos mercados mais badalados da cidade, o Old Biscuit Mill está aberto diariamente com várias opções de artesanato e roupas. Mas é aos sábados que o lugar realmente bomba. Pois além das bancadas tradicionais, são adicionadas várias opções de comida, craft beer e música ao vivo. Ótimo lugar pra experimentar alguns pratos tradicionais e tomar uma breja!

Old Biscuit Mill

Comer no Eastern Food Bazaar

Quer um lugar para comer barato? Então visite o Eastern Food Bazzar. O mais tradicional dos mercados de rua de Cape Town, uma mistura da cozinha indiana, chinesa, paquistanesa e turca. No Eastern Food Bazaar você encontrará opções desde noodles (o famoso macarrãozinho) até shawarmas deliciosos feitos com o tradicional pão indiano, o roti.

Esse shawarma aí da foto custou apenas ZAR 55,00 ou USD 4,00.

Shawarma recheado de frango, salada e molho picante

Vivenciar o Mzoli’s

Se você quiser viver uma experiência tipicamente sul-africana, não deixe de comer um “braai” no Mzoli’s. Um dos lugares mais tradicionais de Cape Town, frequentado por famílias locais, turistas e até algumas celebridades. Veja neste post um relato completo.

Fazer uma Degustação de Vinho

Visitar a África do Sul sem provar seus deliciosos vinhos é um grande desperdício, não é verdade? Existem inúmeras vinícolas onde a degustação de vinho custa em média ZAR 40,00 ou USD 3,00. Bons vinhos e por um precinho tão camarada assim? Não dá para perder.

⚠️  Só tenha cuidado caso esteja dirigindo. Além de ser perigoso, por aqui a tolerância é zero para esse tipo de infração.

Uma de nossas degustações na vinícola Eikendal em Stellenbosch

Tomar uma Cerveja no Beer House

Não gosta de vinho? Não tem problema! Além dos vinhos a África do Sul possui uma grande tradição cervejeira. Você sabia disso?

Nós também só descobrimos quando chegamos aqui. E no Beer House, na Long Street, você poderá provar vários tipos de cerveja. São 25 opções de chopes e 99 tipos de cervejas em garrafas, desde as locais até algumas importadas.

O clock beer, do Beer House

Fazer um Free Walking Tour

São quatro os tipos de Free Walking Tours oferecidos na cidade. Nós fizemos todos eles e recomendamos muito! É uma espécie de caminhada a pé onde voluntários vão contando a história dos lugares. Aqui em Cape Town você encontrará as seguintes opções:

  • Historic City Tour – que conta um pouco da história da cidade de Cape Town;
  • Bo Kaap Walking Tour – que conta a história do famoso bairro;
  • V&A Waterfront Tour – um tour pelo Waterfront contanto um pouco sobre sua história;
  • Apartheid to Freedom Tour – que fala sobre o Apartheid, passando pela história de Nelson Mandela. O mais interessante de todos, em nossa opinião.

Tente achar a gente na foto. Dica: a Camila está de rosa

Dirigir pela Chapman’s Peak Drive

Está com um carro alugado em Cape Town? Então não deixe de dirigir pela Chapman’s Peak Drive, uma das estradas mais bonitas do mundo. Nós passamos por ela em nosso caminho até o Cape Point.

A estrada fica fechada em dias com tempo ruim. Consulte aqui no site oficial as condições climáticas antes de embarcar nessa bela viagem ☺️

Uma entre tantas belas paisagens da Chapman’s Peak Drive

Caminhar pela Long Street

A Long Street está para Cape Town como a Khao San Road está para Bangkok. A rua conta com diversas opções de bares, restaurantes e albergues. É uma das áreas mais badaladas da cidade. E se você gosta de vida noturna, aqui é seu lugar. Mas se você, assim como nós, não curte muito sair a noite, aproveite a Long Street durante o dia mesmo ☺️

Visitar o City Hall

Foi no City Hall que Nelson Mandela discursou pela primeira vez em 1990, apenas algumas horas depois de ter deixado a prisão. E também em 1994, desta vez como atual presidente da África do Sul. Além da bela arquitetura é um dos marcos da cidade, pois logo em sua frente está o Grand Parade, local utilizado muitas vezes para manifestações políticas.

City Hall Cape Town

Signal Hill

Quer ter uma bela visão da cidade de Cape Town? Dê uma passada no Signal Hill. Foi de lá que nós tivemos essa bela vista de Cape Town toda iluminada.

Fazer a Trilha de Sands Bay

Quer sair do roteiro turístico clássico? Então que tal fazer a trilha de Sands Bay, passando pela mais famosa praia de nudismo da cidade (calma, você não precisa necessariamente ficar pelado lá, só se quiser) e chegar até o ponto onde fica esse navio naufragado da foto abaixo?

Nós adoramos e contamos nossa experiência aqui nesse post. Clique aqui para ver.

Caminhar no Sea Point Promenade

Uma das orlas mais utilizadas pelos moradores de Cape Town. O Sea Point Promenade é visitado tanto por aqueles que buscam somente um lugar para relaxar vendo o mar, quanto pelos esportistas que gostam de correr, andar de bicicleta ou skate por ali. E o lugar também conta com parquinhos que fazem a alegria da criançada.

See Point

Conhecer Hout Bay

Há muito o que fazer em Hout Bay. Desde passear pela praia, tomar um café no tradicional Fish on The Rocks, e até sair para pescar, quem sabe!? E é de lá que saem os passeios para a llha das focas. Mas calma! Veja no tópico abaixo que dá para ver as foquinhas por lá mesmo, e de graça.

E uma vez em Hout Bay, não deixe de conhecer o mercado Bay Harbor Market. Veja mais aqui.

Hout Bay

Ver as Focas em Hout Bay

E o ponto alto de nossa parada em Hout Bay foram as focas! Essas fofuras que vivem por lá. Veja esse vídeo do flagrante que demos em duas delas namorando ❤️

Que amor!

Conhecer o colorido Bo Kaap

Uma das áreas residenciais mais antigas de Cape Town. O Bo Kaap recebeu, em 1700, exilados políticos, escravos e condenados vindos da Índia, Sri Lanka, Malásia e Indonésia. Esses indivíduos e seus descendentes foram conhecidos como Cape Malays. E em meados do século XX, o governo do Apartheid declarou o Bo Kaap uma área específica para os muçulmanos e obrigou as pessoas de outras religiões e etnias a deixar o local.

Casas coloridas do Bo Kaap

Hoje o Bo Kaap é um dos pontos turísticos da cidade, o bairro das casinhas coloridas, onde também é possível experimentar a Cape Malay Cuisine. E é no Bo Kaap que fica a primeira mesquita construída na África do Sul.

Bo Kaap Museum

Quer entender melhor a história de Bo Kaap e um pouco mais sobre o regime do Apartheid? Então visite o Bo Kaap Museum. A entrada custa apenas ZAR 20,00 ou USD 1,50.

Green Market Square

Situado no coração do centro comercial de Cape Town, o local era usado para o comércio desde frutas até escravos. Hoje em dia a praça é local de uma feira permanente onde é possível encontrar todos os tipos de artesanato e roupas tradicionais.

Pinturas vendidas no Green Market Square

Slave Lodge Museum

O prédio, um dos mais antigos de Cape Town, onde os escravos eram mantidos até serem vendidos atualmente abriga um museu que conta como funcionava o comércio de escravos em Cape Town e no mundo. A exposição explica o funcionamento das rotas de comércio de negros, mas também a de escravos asiáticos, oriundos da Indonésia, Siri Lanka, Índia, etc, que foi muito usada na região.

A entrada custa ZAR 30,00 ou USD 2,30.

Castle of Good Hope

Um marco da cidade de Cape Town, o Castle of Good Hope, ou Castelo da Boa Esperança, é um maravilhoso exemplar de um “forte estrela”. Construído entre 1666 e 1679 pela Dutch East India Company, é o edifício colonial mais antigo existente na África do Sul. Os materiais utilizados para construir o castelo incluíram cortes de rocha transportados da Robben Island.

Nós o visitamos em um dia de chuva e tempo fechado, mas com sol você poderá ter uma bela visão da Table Mountain. A entrada custa ZAR 30,00 ou USD 2,30.

Museu de História Natural e Planetário

Com mais de 200 anos de existência, o Museu de História Natural é interessante para adultos e crianças. Conta com exibições sobre a vida selvagem atual e do passado, o processo de formação da terra e até mesmo sobre o Apartheid.

E dentro do museu fica o Planetário que tem exibições diárias levando os visitantes a conhecer melhor o nosso universo através de um dome digital tridimensional. O planetário é um show à parte, considerado um dos melhores do mundo. Nós adoramos!

A entrada para os dois custa ZAR 60,00 ou USD 4,60.

Museu de História Natural de Cape Town

A cidade possui muitas atrações. E você poderá montar seu roteiro de 1 a 30 dias, a depender de seu tempo. Mas nós sugeriríamos pelo menos uma semana para poder explorar a cidade de acordo.

✅  Planejando uma viagem para Cape Town? Veja todos os posts que escrevemos sobre a cidade:

🌎  Acompanhe nossa viagem de volta ao mundo através de nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/casalwanderlustoficial

 

2 comentários sobre “O que fazer em Cape Town, na África do Sul

  1. Paula Cristina Gargantini Marques

    Adorei a riqueza das dicas que vocês compartilham aqui! Já fiz uma agenda aonde estou anotando tudo. Apenas uma observação na foto achei de cara a Camila de rosa mas não achei o Lázaro ….kkkk…. tenho direito de alguma dica? Continuo orando por vocês e acompanhando essa espetacular volta ao mundo.

    1. CASAL WANDERLUST Autor da Postagem

      Você é a pessoa mais linda desse mundo, Paulinha!
      Seus comentários sempre me enchem de alegria, obrigada!
      Lázaro está láaaaa atrás, só dá para ver a ponta da cabeça dele…rs
      Um beijo cheio de amor pra vc!

Deixe uma resposta