Casal Wanderlust

Jeffreys Bay, a cidade do surf na África do Sul

Jeffreys Bay é uma cidade sul-africana mundialmente conhecida pelo surf. O esporte surgiu por aqui na década de 60, mas foi na década de 80 que a cidade passou a receber as provas do mundial. Nós visitamos Jeffreys Bay durante o Corona Open J-Bay de 2017.

Jeffreys bay

Foto divulgação – Créditos @ AVG

E mesmo quem não é muito ligado no esporte já deve ter ouvido falar dos ataques de tubarões que chegaram a interromper o circuito, como aconteceu agora em 2017. A aparição de um tubarão interrompeu a bateria entre Gabriel Medina e Mick Fanning. E olha que o australiano já havia sido atacado por um tubarão no mesmo local em 2015!

Mas tubarões a parte, e falando de coisas boas, as altas ondas, as belas praias e a “good vibe” da cidade fazem de Jeffreys Bay (ou simplesmente J-Bay) uma ótima opção para passar alguns dias, especialmente se você estiver viajando pela Garden Route.

O que fazer em Jeffreys Bay

Surfar! A cidade é mundialmente conhecida por suas ondas perfeitas. Sendo em 2011 considerada a segunda melhor onda do mundo, atrás apenas da Pipeline (no Hawaí), de acordo com a revista Surfer.

Por toda a cidade você verá pessoas carregando suas pranchas, dá até vontade de aprender!

Aulas de Surf

Já pensou em aprender a surfar? Se pensou, Jeffreys Bay, pelas razões já citadas acima, é uma ótima opção para começar a colocar sua prancha na água.

Há diversos locais onde você poderá ter aulas de surf, inclusive a maioria dos hotéis e albergues oferecem essas opções. Entre as mais famosas escolas está a Jeffreys Bay Surf School – clique aqui para visitar o site deles. O telefone de contato é o +27 82 324 7284.

Saltar de paraquedas

Em determinadas épocas do ano é possível saltar de paraquedas em Jeffreys Bay. A empresa que opera os saltos é a EP Skydivers. Os saltos ocorrem somente no mês de Julho e de Dezembro a Janeiro. Se estiver pela cidade nesses períodos, clique aqui para reservar seu salto.

É uma experiência sensacional! Nós não saltamos em Jeffreys Bay, mas veja neste post como foi a experiência de saltar de paraquedas em Dubai.

Curtir a praia

As praias mais famosas são a Dolphin Beach e a Paradise Beach. Aliás é na Dolphin Beach que fica a Supertubes – a atração principal entre os surfistas, onde uma boa direita pode durar cerca de 220 metros!

A Dolphin Beach também é popular entre aqueles que simplesmente querem passear pela orla e apreciar a bela vista. Por ali ainda você encontrará diversas opções de restaurantes e cafés.

Fazer compras

A cidade possui uma série de outlets e lojas de fábrica das principais marcas de surf, tais como: Billabong, Quicksilver, Element, Rip Curl entre outras.

Visitar o Museu do Surf

Já que você está na Mecca do Surf porque não conhecer melhor a história do esporte por aqui?

Situado na loja da Quicksilver na Da Gama Rd, 24, o museu conta um pouco da história do Surf em J-Bay e no mundo.

A entrada do museu é gratuita! O horário de funcionamento é de segunda a domingo das 9h as 13h.

Ver baleias

A África do Sul é um dos melhores destinos em todo o mundo para assistir a fauna marinha, incluindo baleias. Entre os meses de julho e dezembro o litoral do Cabo Oriental é frequentado por baleias que aproveitam as águas quentes e o extenso litoral para reproduzir.

Foto: Wikipedia

Aqui estão os 12 melhores lugares da África do Sul para ver esses magníficos mamíferos marinhos:

1. Nahoon Beach, Gonubie Beach and Eastern Beach – East London
2. Port Alfred
3. Kenton On Sea
4. Bluewater Bay – Port Elizabeth
5. Pollock Beach – Port Elizabeth
6. The entire stretch between Beachview and Seaview – Port Elizabeth
7. Supertubes – Jeffrey’s Bay 
8. St Francis Bay
9. The coast off Tsitsikamma National Park
10. Coffee Bay – Wild Coast
11. Port St Johns – Wild Coast
12. Chintsa – Jikileza Route

Nos arredores de Jeffreys Bay

Nos arredores de Jeffreys Bay nós visitamos as cidadezinhas de St Francis Bay e Cape St Francis, além de Oyster Bay.

Se você tiver um tempinho sobrando (somente se tiver tempo sobrando) vale a pena passar por esses locais.

St Francis e Cape St Francis

A 30 minutos de Jeffreys Bay está a pacata Cape St Francis, também considerada como um dos melhores pontos de surf no mundo. Além das belas paisagens, por lá você poderá visitar um centro de reabilitação de pinguins e o farol Seal Point Lighthouse.

Seal Point Lighthouse

Oyster bay

Depois de uma viagem de mais 40 minutos por uma estrada de terra nós chegamos em Oyster Bay. Neste caso sim: só vá se tiver muito tempo de sobra!

A cidade possui uma duna gigante de areia que com o vento está devorando algumas partes da orla. Uma ventania incrível capaz de descabelar qualquer um…rs.

Mas a parte bacana é que há um ponto para observação de baleias. Nós as vimos, de longe.

Oyster bay

Onde se hospedar

Em Jeffreys Bay nós nos hospedamos no African Ubuntu Backpacker. Um albergue super descolado com opções de quartos individuais, compartilhados e camping. Ainda tivemos um super café da manhã incluído no valor da diária que veio bem a calhar.

💰  Valor para um quarto duplo com banheiro compartilhado USD 30,00.

Foto divulgação do hotel: http://jaybay.co.za/

Clique no link abaixo para consultar outras opções de hospedagem em Jeffreys Bay. Você não paga nada a mais por isso, mas nos ajuda a manter o blog 😊


Booking.com

Como chegar?

Nós viajamos pela Garden Route utilizando um carro alugado. Mas há também a opção do Baz Bus.

Mapa do Baz Bus

Trata-se de um ônibus que percorre toda a Garden Route, entre outras cidades, tais como Cape Town, Port ElizabethJoanesburgoDurban, etc. Ele para nas diversas cidades apontadas no mapa acima e passa por vários backpackers (albergues). Não é uma opção muito barata mas é super bacana para quem estiver sozinho e também uma ótima oportunidade para fazer amigos. Veja os preços e demais detalhes no site oficial do Baz Bus.

Quando visitar

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, em algumas cidades da África do faz frio, e muito.

Veja no gráfico abaixo a média de temperatura em Jeffreys Bay no decorrer do ano.

Fonte: https://www.meteoblue.com/

Veja mais sobre Jeffreys Bay no site de informações turística da cidade. Basta clicar aqui.

Veja outras cidades e atrações que visitamos em nossa viagem pela Garden Route:

O que fazer em Plettenberg, a baía formosa da Garden Route

O que fazer em Knysna, a linda cidade da Garden Route

O que fazer em Mossel Bay, na Garden Route

Cango Caves: uma atração imperdível para quem viaja pela África do Sul

Roteiro de 8 dias pela Garden Route

Tudo o que você precisa saber antes de viajar para a África do Sul

5 comentários sobre “Jeffreys Bay, a cidade do surf na África do Sul

  1. Rayane Azevedo

    Cá, vou te contar uma coisa (não ri, tá?). Entrei nesse post só porque acho um máximo esse nome: Jeffreys Bay. Acho uma delícia de falar! rs
    Ia ficar só nas fotos enquanto pronunciava Jeffreys Bay toda hora, mas quando vi, li o post todinho! hahahaha e agora Jeffreys Bay não sai da minha cabeça!

    1. CASAL WANDERLUST Autor da Postagem

      hahahahahahaha! Ray… ri alto aqui!
      É um sinal que você precisa vir conhecer a capital do surf da África do Sul, amiga!
      Você vai adorar. Tenho certeza!
      Bjos

Deixe uma resposta