Casal Wanderlust

Bem-vindo ao Reino do Lesoto

Um país situado no coração da África do Sul. Um pequeno reino que se auto-denomina “Lesotho, Kingdom in the Sky“, que em português seria “Lesoto, o Reino no céu”.

E de fato o país faz jus ao título, já que é o único no mundo em que todos os seus pontos estão situados a mais de 1.000 metros acima do nível do mar. Além do mais, é também onde fica o bar mais alto do continente africano, abrigando ainda a estação de esqui mais famosa da África.

Isso mesmo, você não leu errado: aqui no Lesoto neva!

Mas o país não se limita somente a estação de esqui – veja aqui o post completo que fizemos com as principais atrações turísticas do Reino do Lesoto.

DICA: nos principais centros de informações turísticas você encontrará esse livreto (gratuito) com diversas informações interessantes, incluindo uma lista de lugares para se hospedar, o que fazer, telefones úteis, etc.

Muitas informações, especialmente sobre hospedagem, você não encontra com facilidade na internet. E nesse livreto tem uma lista de hotéis com números de telefone e e-mails atualizados – não deixe de solicitar!

História do Reino do Lesoto

Os povos da etnia soto-tswana ocuparam a área gradualmente, entre os séculos III e XI. Em 1824 do alto da montanha Thaba-Bosiu, Moshoeshoe I (o primeiro rei do Lesoto) se auto-proclamou rei, uniu as tribos e lutou contra diversas tentativas de invasões zulus.

Vista do pé da montanha Thaba-Bosiu

Uma década depois, começaram os conflitos com os colonizadores bôeres (holandeses e franceses), e tropas britânicas. Em 1868, após vários conflitos, o rei do Lesoto recorreu aos britânicos para estabelecer um protetorado sobre seu reino. Em 1871, sem qualquer consulta popular, a Basutolândia (como o Lesoto era conhecido até então) foi anexada à Colônia do Cabo, o que gerou revolta da população. Em 1884 a Basutolândia se tornou uma colônia britânica em separado.

O Lesoto ganhou a independência da Grã-Bretanha no dia 4 de outubro de 1966, com Moshoeshoe II como rei e o chefe Leabua Jonathan (Partido Nacional Basotho), como primeiro-ministro.

Informações gerais

O país é relativamente pequeno, são pouco mais de 30.000 km2, com uma população de 2.1 milhões de habitantes. Mas as atrações são bem espalhadas, o que torna a visitação um pouco complicada.

Mapa turístico do Lesoto

Meios de locomoção

Primeiramente vamos dar nomes aos bois ☺️

Isso mesmo, aqui no continente africano as minivans (que nós conhecemos como lotações) são chamadas de diversos nomes, de acordo com o país – o que pode resultar em uma confusão danada!

Aqui no Lesoto funciona assim:

  • Minivans são chamadas de “táxis”;
  • Táxis são chamados de 4+1 “four plus one” (quatro mais um, em português);
  • Ônibus são chamados de “bus” (ou “buses”, no plural);
  • Uber não chegou por aqui ainda.

Tendo isso em mente, vamos lá…rs

Utilizar os táxis

Os táxis te levam para todo canto. Porém, para distâncias mais longas são poucas as opções. Por exemplo, para ir de Maseru (capital) até cidades mais distantes é necessário chegar no Bus Rank (lugar de onde saem os táxis) bem cedo, lá pelas 6h da manhã, pois normalmente só há uma opção de transporte por dia.

Obs.: os táxis só iniciam a viagem com a lotação completa. Ou seja, muitas vezes você terá que aguardar. Tenha paciência!

Alugar um carro

Você pode alugar um carro para circular pelo país. Só fique de olho ao seu roteiro pois precisará de um 4×4 em alguns pontos da estrada, especialmente na região de Sani Pass. As grandes locadoras estão situadas no aeroporto internacional de Maseru..

Obs.1: é possível entrar no Lesoto com um carro alugado na África do Sul. Basta solicitar à locadora uma autorização para atravessar a fronteira – este serviço normalmente tem um custo adicional.

Obs.2: assim como na África do Sul, a direção é na mão inglesa, ou seja, do lado esquerdo.

Contratar um tour com uma agência

Há várias agências que oferecem tours pelos diversos pontos turísticos do país, mas esta é sempre a opção mais cara.

Para quem não tem muito tempo achamos que é uma das melhores alternativas, devido à escassez de transporte público conectando as cidades mais distantes.

Não chegamos a contratar os serviços de nenhuma agência, mas no livreto que comentamos mais acima você encontrará diversas opções.

Negociar o preço com um 4+1

Os pontos turísticos são bem espalhados pelo país, como já comentamos. Muitas vezes utilizar o transporte público se torna pouco viável pois você precisará caminhar bastante entre o ponto de parada na estrada principal até as atrações. Por esse motivo negociar previamente o passeio com um 4+1 é uma boa opção.

Obs.1: dentro das cidades o 4+1 normalmente é compartilhado. Se quiser uma corrida exclusiva terá de solicitar ao motorista.

Como chegar

Nós escrevemos um post contando como fizemos para vir de Durban, na África do Sul, passando por Bloemfontein até chegarmos na fronteira de Maseru – veja o relato completo aqui.

Para sair do país nós fizemos o seguinte trajeto:

Pegamos um ônibus de Maseru até Botha-Bothe, dormimos alguns dias por lá para visitar as atrações locais. E depois pegamos um táxi até Mokhotlong (que se pronuncia “Morrotlo”), capital da província de mesmo nome. Dormimos apenas uma noite na cidade e no dia seguinte seguimos até a fronteira de Sani Pass e de lá viajamos até Durban novamente – sim, foi uma viagem longa e bem cansativa – em breve um relato completo.

Aeroporto

Há também opções de voos vindos de diversos países até o aeroporto internacional de Maseru, o MSU (Moshoeshoe I).

Visto

Brasileiros precisam de visto para visitar o Reino do Lesoto. E o valor não é muito baratinho não, custa USD 150,00.

Mas a parte boa é que agora dá para solicita-lo online – veja aqui, neste link.

Onde se hospedar

Encontre seu hotel no Lesoto, ou tenha uma ideia de valores, clicando no link abaixo. Você não paga nada a mais por isso, mas nos ajuda a manter o blog 😊


Booking.com

Preço da cerveja

A cerveja local é a Maloti, cuja fábrica pertence ao rei.

O valor médio da lata de 500 ml nos bares é de USD 1,90 e nos supermercados é de USD 1,00.

Comida típica

Papa com frango

A papa é uma massa feita de milho, bastante nutritiva mas meio sem sabor. O frango normalmente vem acompanhado de molho “piri-piri” (molho picante) e uma pequena porção de verduras cozidas – imaginamos que o molho picante é para dar sabor à papa.

💰  Preços 

1 unidade – LSL 25,00

                    USD 1,85

O povo

Os habitantes do Lesoto são Basothos, cujo singular é Mosotho. Mais de 99% da população pertence à etnia basotho. Outros grupos étnicos incluem europeus, asiáticos e xhosa.

São pessoas extremamente gentis, sorridentes e sempre dispostas a ajudar.

Forma de governo

O Governo do Lesoto é uma monarquia constitucional. O primeiro-ministro é o chefe de governo e tem autoridade executiva. O Rei tem uma função cerimonial, ele não participa ativamente de iniciativas políticas.

Língua

Sesotho e Inglês são as línguas ensinadas nas escolas. Portanto, grande parte da população fala inglês fluente. Contudo, nas cidades menores você poderá encontrar pessoas que só falam Sesotho.

Algumas frases em Sesotho que nós aprendemos:

  • Dumela (pronúncia: “Jumélá”) é a palavra em Sesotho que equivale ao nosso “olá, bom dia”. Repita-a para as pessoas na rua e ganhe sorrisos.
  • O phela joang? (pronúncia: “o péla joan”) e significa “como vai você?”
  • Ke phela hantle! (pronúncia: “que péla dantle” com a língua fazendo um som difícil de reproduzir) e significa “estou bem!”.

Tomadas

As mesmas utilizadas na África do Sul, e a voltagem por aqui é de 220v.

Moeda

A moeda do Reino do Lesoto é o Loti, que no plural se torna Maloti (mesmo nome da cerveja local).

A cotação equivale ao Rand sul-africano, que aliás, também é aceito por aqui.

Em Junho de 2017: USD 1 = LSL 12,90 

Quando visitar

O clima do país é maravilhoso. São mais de 300 dias por ano sem chuva, com o sol brilhando e com esse céu-azul-coisa-mais-linda-de-se-ver!

reino do lesoto

Céu do Lesoto

As estações correspondem às nossas, no Brasil. No verão faz calor, especialmente de Novembro a Janeiro, e no inverno, de Junho a Agosto, é aberta a temporada de esqui, e as temperaturas ficam mais baixas em todo o país.

Segurança

Nos sentimos muito seguros por aqui. Em Maseru até fomos alertados com relação à andarmos sozinhos pelas ruas, mas como pessoas diurnas, não tivemos nenhum problema.

Nas cidades menores nos sentimos mais seguros ainda!

Saúde na viagem

Nós fizemos um Seguro Viagem para nos precavermos durante essa trip de volta ao mundo.

Temos uma super amiga que teve uma crise renal nos Estados Unidos e se não fosse pelo seguro viagem ela teria desembolsado USD 25.000! Já pensou!? Nós não quisemos arriscar.

Faça sua cotação de Seguro gratuitamente utilizando o link abaixo. Você não paga nada mais por isso e ainda nos ajuda a beber mais cervejas pelo caminho 😉

Curiosidade

Você sabia que o Lesoto tem um dinossauro batizado em sua homenagem?

É o Leshotossaurus! E você poderá ver as pegadas dele (fossilizadas) em diversos pontos do país. Clique aqui para ver mais.

Aproveite e leia também:

Comidinhas de rua do Lesoto

De Durban, na África do Sul, até Maseru, no Lesoto

Atrações turísticas do Lesoto

➡️  Se quiser acompanhar nossa viagem de volta ao mundo, siga nossa página no Facebook, é só clicar AQUI – você encontrará todas as dicas dessa trip!

Deixe uma resposta