Casal Wanderlust

O que fazer em Copacabana, Bolívia

Copacabana é um destino bastante procurado e o ponto de parada mais popular para quem está viajando de carro do Peru para a Bolívia. Além de ser um destino de peregrinação, Copacabana também é destino certo para quem procura passeios pelo Lago Titicaca.

Depois de termos conhecido Machu Picchu e de termos feito os passeios pelo lago em Puno, nós resolvemos cruzar a fronteira e visitar essa pequena cidade boliviana.

O que fazer em Copacabana

Quando chegamos nós nos apaixonamos logo de cara. A cidade é pequena, simples, meio suja e bagunçada, com comida e cerveja barata, do jeito que a gente gosta! Se você gosta de grandes centros ou de cidades mais limpinhas, vá de coração aberto ☺️

Copacabana é um destino de peregrinação por conta da Virgem de Copacabana, a santa que deu nome à famosa praia do Rio de Janeiro. Você sabia disso? Vamos explicar melhor já já.

Mas antes vamos listar as atrações turísticas:

O Cerro Calvário

Talvez um dos maiores atrativos turísticos de Copacabana, tanto para turistas quanto para peregrinos. A subida é árdua por conta da altitude, já que a cidade está a quase 4.000 metros acima do nível do mar. Por ser um local de peregrinação, nas sextas-feiras santas muitas pessoas chegam ali a pé, vindos de todos os cantos, inclusive de La Paz.

É do topo do Cerro Calvário que se tem essa belíssima vista da cidade banhada pelo lago Titicaca.

Vista do alto do Cerro Calvário

Basílica de Nossa Senhora de Copacabana

Também conhecida como Catedral de La Virgen de Candelaria. O prédio branco do século XVII é todo decorado com ladrilhos azuis e cúpulas arredondadas, lembram até uma mesquita. Além da capela fechada também foi construída uma capela aberta para cerimônias ao ar livre, como já era de costume para os indígenas.

E aqui está a curiosidade que comentamos mais acima, foi a Nossa Senhora de Copacabana que deu nome à mais famosa praia do Brasil. Comerciantes peruanos e bolivianos levaram uma cópia da imagem para o Rio de Janeiro. Eles construíram uma capela em sua homenagem em cima de uma rocha que separava duas praias. Em 1746 o bispo Dom Antônio do Desterro ordenou a construção de uma igreja bem maior, em função de uma graça recebida. Assim surgiu o nome da Praia de Copacabana.

Praça 2 de Fevereiro

Bem em frente a Basílica está a charmosa praça 2 de Fevereiro. Como Copacabana sempre estará com um clima meio frio por conta de sua altitude, é um ótimo lugar para se sentar e tomar um sol.

Nos fins de semana, em frente a Basílica e a praça, acontece o batismo dos carros. É uma coisa bastante inusitada de se ver! Os veículos de todos os tipos são enfeitados com guirlandas de flores e abençoados por um padre, que lhes joga água benta. Nós não vimos pois estivemos em Copacabana no meio da semana, mas dizem ser bastante interessante ver os veículos velhinhos sendo benzidos enquanto os donos bebem cerveja…hehe.

Andar pelas ruazinhas para ver os artesanatos

Se você gosta de comprar artesanato em suas viagens, em Copacabana você irá se esbaldar! Sabe aqueles tecidos coloridos típicos do Peru e da Bolívia? Aquelas touquinhas de lã coloridas? Lá em Copacabana custam um terço dos valores cobrados em cidades como Cusco, por exemplo.

Uma das ruas principais de Copacabana

Visitar o Mercado

Ok, essa não é uma atração do tipo: nossa, que legal! Mas como nós adoramos mercados a gente sempre entra. E para quem gosta de viajar barato, é uma ótima opção para comprar frutas frescas com precinhos bem camaradas.

A Orla do Titicaca

Sejamos sinceros, se chegar bem de pertinho dá pra ver que ela é meio suja. Mas a cidade tem se esforçado para agradar os turistas, vai? Quem sabe em breve eles revitalizem a área, né? Há diversas empresas que oferecem passeios de barco e de pedalinhos por ali. No verão, com a temperatura um pouquinho mais quente, deve ser bem bacana.

Mas fala se não é uma bela vista para se sentar e beber uma cerveja no fim do dia?

Beber uma cerveja nos barzinhos das lajes!

Isso mesmo! Ali pela orla há uma série de barzinhos que ao olhar você não dá nada por eles. Para ter acesso a muitos deles você tem que passar por dentro do bar, as vezes até tem acesso a cozinha – cuidado: NÃO OLHE MUITO…hahaha – Enfim, ao chegar no terraço, ou seja, na laje, peça sua cerveja gelada e aprecie a paisagem!

O valor médio da cerveja de 600ml é de USD 2.50.

Passeio pela Isla del Sol

Um passeio por ela deve ser incrível! E o melhor: custa bem baratinho, em torno de USD 5.00.

Nós acabamos não fazendo por falta de tempo, tivemos de escolher entre perambular pela cidade e beber cerveja ou fazer o passeio 😁  Mas veja aqui o relato COMPLETO de nossos amigos que fizeram o passeio pela ilha!

Onde se hospedar em Copacabana, Bolívia

Nós nos hospedamos no Hotel Lago Azul. Nos demos o luxo de pagar USD 40.00/diária somente porque era o último dia da viagem e a gente bem que merecia…rs.

O hotel fica bem de frente para o Titicaca, os quartos tem janelas enormes, alguns até com sacada. O café da manhã era bem bom. E achamos o valor de R$ 124,00 bem justo, porque com esse mesmo valor, em algumas cidades do Brasil, não dá pra pagar nem um hostel. E falando em hostel, em Copacabana há várias opções com quartos disponíveis por até USD 8.00. Dá uma olhada aqui.

Como chegar

Nós fizemos esse trajeto de carro em Outubro de 2016, partindo de Puno no Peru. Percorremos 145 km em estradas com bom estado de conservação. Ao todo foram 3 horas de viagem.

Para quem estiver em outros pontos do Peru ou mesmo em cidades bolivianas como La Paz, há diversas empresas de ônibus que fazem o trajeto até Copacabana.

Melhor época para ir

Praticamente o ano todo! O clima sempre será meio frio por conta da altitude, afinal são quase 4.000 metros acima do nível do mar. Os meses mais chuvosos são os meses entre Dezembro e Fevereiro.

A fronteira entre o Peru e a Bolívia

A fronteira é meio bagunçadinha mas super tranquila. Na ida tivemos o azar de chegar junto com um ônibus, o que fez com que esperássemos um tempinho na fila. Mas na volta foi super rápido. Preenchemos um formulário bem auto-explicativo e entramos sem maiores problemas. Utilizamos nossos passaportes mas também é possível utilizar o RG.

Fronteira Peru Bolivia Copacabana

Fronteira Peru x Bolívia

Essa foi nossa experiência em Copacabana. Aproveite para ler mais sobre nossa viagem de carro de Porto Velho até Cusco:

➡️  Uma viagem de carro de Porto Velho até Cusco;

➡️  Onde comer bem e barato em Cusco.

➡️  Tudo sobre o boleto turístico de Cusco;

➡️  Visitando o Vale Sagrado dos Incas;

➡️  Machu Picchu: tudo o que você precisa saber!

15 comentários sobre “O que fazer em Copacabana, Bolívia

  1. Thiago Carvalho

    Amei o post Camila! Desconhecia totalmente essa região da Bolívia. Esses mercadinhos e lojinhas de artesanato, tão comuns na América do Sul, sobretudo andina, são demais! Parabéns!

  2. viajei_compartilhei

    Oi Camila, adorei o post. Estive apenas em Santa Cruz de la Cierra na Bolívia (infelizmente) que cidade linda. Praias maravilhosas.

  3. Dhebora

    Ahhh queriamosentendi tanto ter tido tempo de ir até Copacabana! Tenho certeza que nós iríamos curtir! Lugares bonitos e comida e cerveja baratas hahaha tudo de bom!

  4. Zelinda Arêas

    Que show! Confesso que nunca me passou pela cabeça, mas com suas palavras e essas fotos cheia de cores, eu me interessei. Adorei a dica de NÃO olha muito para a cozinha. Quanto à Basílica, apesar de simples, eu achei linda.
    Adorei o post.

Deixe uma resposta